4 dicas de ouro para manter a qualidade de vida em qualquer carreira!

Sim, é possível e é imprescindível. Mais do que isso,...

Sim, é possível e é imprescindível. Mais do que isso, atualmente a qualidade de vida é uma premissa para a construção e a sustentação de uma carreira empreendedora de sucesso. Em entrevista à revista Exame, o empresário e fundador do Grupo Pão de Açúcar, Abílio Diniz, ressaltou a importância da manutenção da qualidade de vida e da busca da felicidade, através da prática de pequenos hábitos saudáveis no dia a dia, para o sucesso empresarial. E esse é um dos maiores desafios de quem opta pelo empreendedorismo: desenvolver seu trabalho sem perder a qualidade de vida e, da mesma forma, oferecer aos seus funcionários e colaboradores essa mesma condição.

Para algumas pessoas, empreender é sinônimo de sacrificar-se, abdicar de tudo pelo sucesso para depois colher bons frutos. Mas algumas pesquisas mostram que a realidade não é bem assim, já que o sucesso empresarial atualmente está vinculado a um ambiente de trabalho saudável, com rotinas equilibradas, que prezam pelo bem estar de todos. Estudo realizado pela Universidade de Warwick, do Reino Unido, mostrou que a felicidade aumenta em até 12% a produtividade pessoal. Isso explica também por que a preocupação com a qualidade de vida é uma tendência tão forte nas empresas hoje em dia.

E você, sabe como vencer esse desafio? Veja abaixo algumas dicas.

1 – O planejamento é seu maior aliado

Já dissemos aqui no blog que o Planejamento é Rei dentro de uma empresa. E em todas as instâncias é assim: seja na organização financeira da sua empresa, nas rotinas administrativas e operacionais da mesma e também na sua rotina pessoal. Saber organizar suas tarefas previamente e de forma estratégica, respeitando todos os momentos do seu dia, da sua semana e do seu mês, é o começo de uma rotina de trabalho aliada da qualidade de vida. E, como dissemos, qualidade de vida é igual à produtividade.

Estipule seu horário de trabalho e respeite-o, o mesmo com seu horário de almoço, seja um exemplo para seus próprios funcionários e parceiros. Da mesma forma, planeje seu descanso, inclua no seu planejamento momentos de lazer junto à família e aos amigos e saiba respeitar esses momentos dos seus funcionários. Construir com funcionários e colegas de trabalho vínculos afetivos, respeitando os limites do bom senso, rende ótimos resultados dentro de uma empresa. Isso gera confiança e facilita a comunicação.

Sabemos que existem situações que fogem completamente ao planejamento, isso é normal. Quem nunca teve que passar uma noite em claro para concluir uma apresentação, ou não teve que trabalhar no fim de semana para entregar um projeto? Isso não significa, necessariamente, uma quebra no planejamento ou falta de organização. Momentos como estes existem, mas eles devem ser a exceção, nunca a regra. E é exatamente o fato de serem exceção que nos permite lidar com eles com mais tranquilidade e conformação, sem que isso gere uma insatisfação profissional.

2 – Se tudo é urgente, nada é realmente importante

Alguns empresários pecam por não saber eleger prioridades. Tudo é importante, tudo é “para ontem”, tudo é urgente. E, com tantas prioridades profissionais, não sobra tempo pra mais nada. Os dias passam freneticamente, com todos correndo contra o tempo para dar conta das tarefas. Isso é um erro com drásticas consequências para sua empresa!

Empreendedores que não sabem eleger prioridades criam, inevitavelmente, uma cultura de estresse e correria dentro de suas empresas. E esses ambientes são os piores possíveis para o trabalho: funcionários ansiosos, amedrontados e desencorajados. O resultado só pode ser um: baixa retenção de bons profissionais e trabalho mal feito. A pressa é, com certeza, inimiga da perfeição.

Estabelecer dentro da empresa uma metodologia de reconhecimento de prioridades é função do líder e tudo começa por você. Comece estabelecendo pra si o que é realmente urgente, reconhecendo que tem coisas que podem e devem ficar para amanhã, até mesmo para que sejam bem feitas. Pense nisso!

3 – Saiba se desligar do trabalho

Para estar presente de corpo e alma no trabalho, fazendo com que cada minuto seja de total produtividade, é preciso saber se desligar. Algumas pessoas pensam que trabalham oito ou nove horas por dia, mas na verdade trabalham muito mais, pois simplesmente não são capazes de se desligar dos assuntos profissionais. Saem da empresa pensando em trabalho, comem pensando em trabalho, dormem assim também, obcecadas com isso.

Saber se educar para desligar dos assuntos profissionais é extremamente importante para a construção da própria qualidade de vida, para a manutenção da sua sanidade mental. Assim como é imprescindível estar no trabalho por inteiro, é preciso saber sair também. E isso é altamente produtivo, pois é exatamente nesses momentos, quando você está com a cabeça fresca, descontraído, que surgem as melhores ideias e soluções!

4 – Crie uma rotina de bons hábitos

Tenha desde já hábitos que contribuam para a sua qualidade de vida e também dos seus funcionários. Exercitar-se ajuda a aliviar o estresse e as tensões, melhora a disposição e é fundamental para a manutenção da própria saúde. Comer com qualidade e dentro dos horários estipulados é outro pilar da qualidade de vida. Some a isso uma dose adequada de sono diário, fundamental para a recuperação do corpo e da mente, essenciais para sua produtividade.

Algumas empresas investem em campanhas de saúde empresarial, estimulando os funcionários a se exercitarem, beberem bastante água, praticarem alongamentos constantes durante o dia, especialmente para aqueles que ficam horas e foras diante do computador. Estabelecer hábitos pessoais que incluam essas práticas é um ótimo começo! A dedicação a algum hobbie pessoal também é uma forma sensacional de construir a própria qualidade de vida, inclusive existem pesquisas que afirmam que isso aumenta a produtividade.

Se você inclui em seu dia a dia alguma rotina que contribui com a sua qualidade de vida, comente aí!


Deixe seu comentário