4 ensinamentos de ouro para sua empresa crescer com saúde

Escrito por:

1 – Planejamento é o rei

Todo empresário sonha que sua empresa cresça e dê lucros cada vez maiores. O crescimento de uma empresa é, portanto, esperado, porém muitas vezes, não é seguido de um planejamento estratégico e financeiro.

 

Antes do crescimento é necessário ter consciência de que a empresa tem suas limitações e que o próprio crescimento implica em novas despesas, metas maiores e, assim, mais arriscadas. Ao crescer, a empresa necessita estar preparada para os desafios do crescimento de modo que novos investimentos, despesas e contratações estejam dentro do planejamento de aumento de vendas e, consequentemente, de clientes e fornecedores.

 

2 – Dê  atenção à gestão financeira

A organização financeira, que não é comum em pequenas empresas, se torna fundamental para uma empresa média e vital para uma grande empresa. A criação de um setor financeiro que tenha o controle de todas as contas a pagar, contas a receber e contato com o setor contábil pode ser pensada desde o início de um empreendimento. As empresas que se planejam e se organizam desde a sua fundação são as que conseguem os melhores resultados financeiros.

 

3 – Contrate pessoas de primeira linha

O crescimento de uma empresa é fruto da organização, persistência e organização financeira da área administrativa, ou seja, da visão e do trabalho do corpo diretivo e sócios. É recomendável que empresários que tenham dificuldades em alguma das áreas essenciais para a sobrevivência da empresa, consigam contratar pessoas que supram tais necessidades ou empresas terceirizadas para que possam dar suporte a um crescimento sustentável e perene do empreendimento.

 

4 – O lucro é o seu ‘termômetro’

O crescimento do faturamento da empresa não necessariamente significa um bom momento da empresa. Assim como uma família que pode estar aumentando sua renda, com ótimos salários, as despesas podem estar consumindo o dinheiro faturado e aumentando as despesas. Neste ponto é importante colocar as contas na ponta do lápis e verificar se o lucro está diminuindo e, portanto, o crescimento da empresa não está contribuindo para um aumento do endividamento da instituição, podendo causar em médio prazo a falência e um grande problema aos seus diretores e funcionários.

 

É uma grande responsabilidade administrar uma empresa em crescimento já que é importante perceber que o aumento de faturamento não necessariamente é sinal de saúde financeira, e sim, um simples crescimento de contas e funcionários. Crescer, desse modo, não significa, evoluir ou aprimorar. O aprimoramento vem com a organização e com a consciência dos sócios em manter uma estrutura organizacional em pleno funcionamento focado em um ótimo controle financeiro.

 

Esperamos que sua empresa esteja preparada para crescer. Se possível, conte-nos um pouco sobre o processo de crescimento da sua empresa.

 

Gostou? Comente!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Indicadores de negócio: os tipos de indicadores fundamentais para a sua empresa
Por Controlle
Benefícios do Boleto Bancário para MEI e pequenas empresas
Por Controlle
Emita seus Boletos de cobrança com o Controlle
Por Controlle
Customer Success: o que é e por que investir nessa estratégia?
Por Controlle
Controlle
Controlar as finanças da sua pequena empresa
ou startup, não precisa ser chato.

Conheça o Controlle, um gerenciador financeiro perfeito pra quem não gosta de perder tempo.

Faça como mais de 20 mil pessoas e receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter a gestão da sua empresa em ordem.