5 Dicas de controle financeiro para pequenas empresas

Escrito por:

O controle financeiro empresarial é a chave para o sucesso de qualquer negócio. Afinal de contas, nenhuma empresa consegue tomar decisões estratégicas e alavancar suas operações sem cuidar corretamente das suas finanças.

 

É bastante comum, no entanto, encontrar no Brasil micro e pequenas empresas que deixam este controle financeiro em segundo plano. Como consequência desta prática, muitas empresas acabam morrendo em seus primeiros anos de vida, deixando pelo caminho uma legião de empreendedores afundados em dívidas – pessoais e empresariais.

 

Para que isso não ocorra com você e com a sua empresa, é fundamental acompanhar de perto as finanças e cuidar do dinheiro do seu negócio. Quer saber como dar conta desta tarefa tão importante? Então continue a leitura do artigo de hoje e conheça 5 dicas de controle financeiro para pequenas empresas, que ajudarão você a manter as finanças da empresa sempre em ordem.

 

1. Separe as despesas pessoais do negócio

É bastante comum encontrar empreendedores que mantém um controle financeiro empresarial para pequenas empresas juntamente com o controle de despesas pessoais. Porém, para conservar as finanças do seu negócio sempre em ordem e ter uma clara visão do financeiro da empresa é fundamental separar as despesas pessoais das despesas corporativas.

 

Se você possui uma pequena empresa e tem o hábito de misturar as finanças empresariais com suas finanças pessoais, é hora de rever suas ações. Este é um dos principais erros cometidos pelos gestores quando o assunto é controle financeiro para pequenas empresas, e pode gerar situações difíceis de serem revertidas – como o colapso das PMEs.

 

Para evitar problemas, mantenha as finanças empresariais sob controle e um acompanhamento rígido, preservando a lucratividade do negócio e o crescimento da empresa sem deixar que interferências particulares assumam o controle e atrapalhem o andamento do seu empreendimento no longo prazo.

 

2. Dê atenção à organização financeira

Controlar as despesas de uma empresa requer atenção e muito cuidado, além de uma boa dose de organização financeira. Para micro e pequenas empresas, essa organização deve ser feita de maneira ainda mais cuidadosa, uma vez que a desorganização em relação às finanças pode fazer o empreendedor seguir um caminho sem volta rumo às dívidas, dificuldades financeiras e até mesmo a morte do seu negócio.

 

Crie o hábito de trabalhar com dados contábeis e identificar a situação contábil e fiscal do seu negócio com frequência. Além disso, organize as receitas e despesas da sua empresa e mantenha um planejamento para curto, médio e longo prazo – fundamental para todo empresário que não deseja ser surpreendido com situações financeiras inesperadas.

 

3. Implemente um controle de fluxo de caixa

O controle financeiro para pequenas empresas e micro empresas não pode funcionar corretamente sem um controle de fluxo de caixa. Esta ferramenta tem como objetivo manter toda a movimentação financeira do negócio ao longo do tempo – incluindo entradas e saídas de dinheiro e projeções para o futuro, e faz toda a diferença em qualquer empresa no longo prazo.

 

É a partir do controle de fluxo de caixa que o empreendedor consegue identificar forças e fraquezas relacionadas ao seu caixa e à saúde da empresa em si, organizando-se para honrar seus compromissos financeiros ou até mesmo buscando, de forma ordenada, meios de obter recursos financeiros quando houver necessidade.

 

4. Identifique e corte despesas supérfluas

Manter um controle financeiro para pequenas empresas eficiente não é possível somente com a separação dos valores pessoais e corporativos, com a organização financeira ou a implementação do controle de fluxo de caixa. Para que o controle financeiro funcione, de fato, é preciso ação, cortando eventuais problemas pela raiz.

 

Neste contexto estão os cortes de despesas supérfluas, que estejam afetando os resultados do seu negócio sem gerar benefícios à empresa. Aqui incluem análises contábeis, esforços gerenciais e ações para ajustar o que for preciso para que o negócio dê lucro.

 

Seja um aluguel caro, um funcionário que não produz, um produto que não tem boa saída; independente de quais sejam as despesas que impactam negativamente no orçamento, é fundamental identificá-las periodicamente e cortá-las sempre que possível. Somente desta forma você manterá um bom controle financeiro do seu negócio e a saúde financeira da empresa.

 

5. Use a tecnologia a seu favor

A tecnologia avançou de maneira impressionante nas últimas décadas e, atualmente, é possível contar com inúmeras ferramentas tecnológicas direcionadas às empresas menores, que costumam ter grandes dificuldades em controlar suas finanças. Uma destas ferramentas que surgiram para facilitar o dia a dia do empreendedor brasileiro é, sem dúvidas, os softwares de gestão.

 

Quando falamos em controle e gestão financeira para pequenas empresas, a gama de opções é enorme: aplicativos, programas, plataformas e softwares, que permitem ao administrador monitorar fluxos de caixa, acessar com facilidade sua lista de clientes, emitir notas fiscais, entre outras operações diversas.

 

O Controlle, por exemplo, é uma destas importantes ferramentas de controle financeiro que oferecem soluções de gestão financeira por meio de uma plataforma simples, intuitiva e amigável. A qualquer lugar e em qualquer hora, o gestor pode manter um bom controle financeiro para pequenas empresas, micro empresas e até para negócios maiores e mais sólidos.

 

Se você ainda não utiliza um software de gestão de controle financeiro para pequenas empresas, vale a pena repensar nesta questão e começar agora mesmo a testar um software acessível e eficiente, como o Controlle.

 

E você, já segue estas 5 dicas de controle financeiro para pequenas empresas ou ainda sofre para realizar o controle das finanças do seu negócio? Deixe seu comentário e compartilhe conosco suas experiências e dúvidas!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

O que é Centro de Custo e quais as vantagens de usá-lo em sua empresa
Por Controlle
Como calcular o lucro da sua micro ou pequena empresa
Por Controlle
Orçamento empresarial: a diferença entre despesa, gasto e custo
Por Controlle
Follow-up de vendas: o que é e como fazer na sua empresa
Por Controlle
Controlle
Controlar as finanças da sua pequena empresa
ou startup, não precisa ser chato.

Conheça o Controlle, um gerenciador financeiro perfeito pra quem não gosta de perder tempo.

Faça como mais de 20 mil pessoas e receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter a gestão da sua empresa em ordem.