5 passos para divulgar sua empresa sem gastar tanto!

Pequenos e microempreendedores travam uma batalha diária entre a necessidade de divulgar sua empresa e seus produtos ou serviços, e a verba que têm destinada para esse fim, que geralmente é bem restrita — principalmente no início das operações do negócio.

A boa notícia é que é possível divulgar sua empresa e seus serviços sem pagar muito por isso. Para ter sucesso nesta empreitada só é importante pesquisar as mídias disponíveis para divulgação, a adequação ao perfil da sua companhia e do seu público, os valores que são cobrados e partir para o planejamento de comunicação.

Confira algumas dicas para divulgar os seus serviços sem gastar tanto:

1 – Capacite-se

O primeiro passo para o pequeno e microempresário que quer divulgar seus serviços sem gastar tanto é buscar capacitação para poder, ele mesmo, ter conhecimento suficiente para trabalhar (ou supervisionar) a comunicação e o marketing de sua empresa.

Quando o assunto é divulgar produtos e serviços sem gastar muito, não há como não destacar a importância do marketing digital: site, blog e redes sociais devem estar no plano de comunicação de qualquer empresa, independentemente do porte. A grande vantagem do modelo é que a divulgação sai muito mais em conta do que um anúncio em revista ou um outdoor, por exemplo.

Para saber como começar a divulgar sua empresa nos meios digitais, pode ser interessante fazer um curso sobre gerenciamento de mídias sociais. Muitas instituições disponibilizam aulas online e materiais sem cobrar nada por isso. Também é importante ler tudo o que puder sobre o assunto em sites e blogs para saber como você pode aproveitar melhor as mídias digitais de acordo com seu público e nicho de negócio.

2 – Invista em um site

O site é o cartão de visitas da sua empresa para o público. É nessa ferramenta que as pessoas que desejam adquirir o produto ou serviço que você oferece irão buscar informações. Não ter um site hoje, mesmo que simples, é um tiro no pé e pode passar a imagem de pouco profissionalismo.

Mesmo quem não tem muita verba para investir, pode criar uma página simples, com as principais informações sobre a empresa e sobre o produto ou serviço que ela oferece. Você pode contratar um designer para fazer a página ou criá-la você mesmo, por meio de ferramentas disponíveis online, como o WordPress e Wix. Lembre-se sempre que menos é mais: na hora de criar sua página prime pela boa navegabilidade, use sempre fotos de alta qualidade e considere que muitas pessoas irão acessar o site pelos dispositivos móveis, então evite recursos desnecessários como o uso de Flash — que não ‘roda’, por exemplo, nos dispositivos da Apple, como iPhone e iPad.

3 – Aposte em um blog

Se o site é o cartão de visitas da sua empresa, o blog pode ser uma excelente ferramenta para manter o diálogo com seus clientes e fidelizá-los. Para que isso aconteça, é muito importante criar um conteúdo interessante para o seu público e alinhado com seu nicho de negócios.

Uma pequena empresa que atua na área de confecção pode usar o blog para dar dicas de moda para os consumidores, abordar as principais tendências da estação e, claro, mostrar como os produtos comercializados pela empresa podem ser utilizados nesse sentido. Já uma empresa que atua no ramo de autopeças pode abordar os principais lançamentos de veículos do período, destacar as principais novidades da área e sempre postar quando chegar um produto novo.

Apesar de ter custo quase zero, para um blog dar retorno é importante que as postagens sejam feitas com frequência e que o conteúdo seja realmente relevante para seu público-alvo, e não simplesmente uma autopromoção do seu produto ou serviço.

4 – Use o poder das mídias sociais a seu favor

Facebook, Twitter, LinkedIn, entre outros, não podem ficar de fora do seu planejamento de comunicação e marketing. Além de gratuitos, podem aumentar e muito a visibilidade da sua marca e dos seus produtos ou serviços. Por meio de uma fanpage no Facebook, você pode divulgar os posts do seu blog corporativo, interagir com seus clientes por meio de mensagens e postar conteúdo relevante para os usuários da ferramenta. O LinkedIn, rede social com enfoque mais corporativo, pode ser importante para divulgar sua empresa dentro do seu nicho de negócios, tornando-se ainda mais relevante para fornecedores, potenciais parceiros e até mesmo concorrentes.

5 – Não esqueça da mídia offline

Por mais que o marketing digital não possa ficar de fora do planejamento do pequeno e microempresário que quer divulgar sua empresa sem gastar muito, é importante não descartar o offline. Uma das formas de colocar sua companhia nos holofotes é apostar nos serviços de assessoria de imprensa para abrir caminhos em jornais e revistas. É possível escrever artigos relativos à sua área de atuação, dar entrevistas para matérias que tenham a ver com seu nicho e, dependendo da área, até mesmo ter o seu produto em um editorial de moda, por exemplo. E, o melhor, sem gastar nada por isso.

Falta de dinheiro não é desculpa para não divulgar sua empresa. Comece já! Tem alguma dúvida sobre o assunto ou quer dividir sua experiência? Deixe um comentário!

Sistema de controle financeiro

Deixe seu comentário
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade