5 perguntas sobre finanças que todo empresário deve se fazer

Mais importante do que ter as respostas é saber quais...

Mais importante do que ter as respostas é saber quais as perguntas financeiras a serem feitas, a fim de evitar ficar preso em armadilhas ou ver o negócio desmoronar. Conheças 5 perguntas cruciais para o sucesso do seu negócio.


1 – Quanto preciso lucrar para sustentar o fluxo de caixa?

Essa questão é chave para um negócio que necessita de capital de giro suficiente para manter a operação da empresa. A quantidade correta de capital de giro suficiente para manter o fluxo de caixa positivo, pode significar o ponto em que a empresa não tenha que pedir novos empréstimos e possa se sustentar por um período longo. Portanto, em qualquer momento é importante saber qual o capital necessário para que o fluxo de caixa seja mantido num patamar aceitável pelo negócio.

 

2 – É possível superar um pequeno problema financeiro sem maior prejuízo?

O dinheiro que flui no caixa é suficiente para pagar uma possível dívida trabalhista ou uma queixa de um cliente? A área financeira deve prever algumas situações em que uma saída repentina de dinheiro tenha que ocorrer sem prejudicar a continuidade da empresa. Ou seja, é necessário vislumbrar uma pequena crise que possa levar parte do dinheiro e que a empresa possa se manter diante desta situação.

 

3 – Será que o dinheiro que sobra está sendo investido na empresa?

Esse é um dos erros mais comuns de novos empresários. Muitas vezes não é fácil reinvestir o lucro da empresa na própria empresa, o que pode causar o encolhimento da empresa por falta de capital. É importante saber que boa parte do dinheiro acumulado pela empresa deve ser utilizado para o desenvolvimento da própria empresa, seja em tecnologia, pessoal ou geograficamente. Portanto, o dinheiro que a empresa gera deve beneficiar primordialmente a ela mesma e, só em seguida aos sócios.

 

4 – Para onde está indo o dinheiro da empresa?

Pode parecer bobagem, mas a maioria dos empresários não têm um controle efetivo do seu negócio e não sabem quais são as maiores despesas de sua empresa. É neste ponto em que um controle efetivo se faz necessário, sendo importante o uso de ferramentas tecnológicas de controle e implantação de sistemas robustos de gerenciamento de dados financeiros e administrativos.

 

5-Como estamos controlando o fluxo de caixa da empresa para mantê-lo saudável?

O fluxo de caixa costuma ser o principal medidor da saúde empresarial e também das finanças pessoais. Saber geri-lo é fundamental para o sucesso do empreendimento. Assim, é importante que os métodos de gerenciamento do fluxo de caixa sejam sempre revisados e discutidos internamente de modo que novas práticas e metodologias possam ser aplicadas.

 

Perguntar pode ser mais importante do que ter as respostas corretas. Normalmente um problema financeiro pode estar ocorrendo porque as perguntas não estão sendo feitas. Desse modo, ao gerenciar as finanças de uma empresa é preciso estar atento a tudo o que ocorre na área financeira e, principalmente, às questões fundamentais que podem estar prejudicando o equilíbrio do negócio.

Leia também:

Fluxo de Caixa: Tudo que você precisa saber

Quais as diferenças entre faturamento e lucro líquido da empresa?

Gestão de Startups: novo no ramo? Aprenda como se dar bem nele

 


Deixe seu comentário