5 tendências na gestão de empresas para 2017

Escrito por:

A gestão de empresas tem passado por profundas mudanças nos últimos anos. Se pararmos para refletir, a forma como se conduzem hoje os recursos humanos, financeiros e materiais de um empreendimento é totalmente diferente da de algumas décadas atrás.

 

Mas as mudanças não param por aí. Existem muitas tendências que ainda estão crescendo e estarão cada vez mais presentes nas companhias dos mais diversos segmentos. Essa é uma forma de transformar o status quo, estruturando negócios inovadores.

 

Em 2017, já é possível verificar a demanda por um atendimento mais próximo e simples, uma gestão financeira mais robusta e eficaz, pelo uso de tecnologias para auxiliar na tomada de grandes decisões e pelo incentivo ao intraempreendedorismo.

 

Quer saber mais sobre o assunto e conhecer as maiores tendências na gestão de empresas para 2017? Continue lendo nosso conteúdo. Separamos algumas dicas para você!

 

1 – Atendimento mais próximo, simples e eficaz

 

O atendimento ao cliente tem mudado bastante. Hoje é possível ver startups que atendem seu público-alvo de uma forma mais próxima, simples e eficaz. Isso é agradável e costuma fidelizar os consumidores, transformando-os em promotores da marca.

 

Um grande exemplo disso é a emissora de cartões Nubank. A Fintech conseguiu mudar a forma como o cliente é atendido, tornando esse processo muito mais ágil. Na empresa, todo o atendimento é realizado de forma on-line, por meio de chats instantâneos.

 

Hoje o cartão da Nubank é considerado o mais desejado e amado pelo mercado. A empresa tem uma fila de espera pelo seu produto que chega a 400 mil pessoas.

 

Este é apenas um exemplo, mas existem muitos outros. Devido ao mau atendimento, 86% dos clientes migraram para a concorrência e, em 2015, as empresas brasileiras perderam US$ 217 bilhões – outra evidência dessa tendência.

 

Por essas razões é necessário melhorar o atendimento, tornando-o mais agradável. Para isso você pode contar com a ajuda das novas tecnologias: crie múltiplos canais de comunicação — como o Skype, o Messenger do Facebook ou mesmo o WhatsApp. Facilite a vida do seu cliente.

 

2 – Criação de treinamentos colaborativos

 

Manter os funcionários treinados é uma necessidade básica, pois somente assim conseguirão desempenhar suas funções com maestria e atender bem ao público-alvo. Nesse sentido, uma modalidade de treinamento que ganha destaque é a colaborativa.

 

Para ficar mais claro, esse tipo de treinamento consiste em utilizar alguém da própria empresa para criar e compartilhar o treinamento com seus colegas de trabalho. Imagine o exemplo de um analista de marketing: ele pode realizar um treinamento sobre gestão de mídias sociais.

 

Essa é uma forma de estimular seus funcionários a melhorarem constantemente, otimizar a sinergia das equipes e aprimorar o clima organizacional. Além de tudo, esse tipo de treinamento não confere nenhum custo elevado para a empresa.

 

 3 – Sistema de controle financeiro em nuvem

 

Esqueça a ideia de que é preciso estar no computador da empresa, em local e horário adequado para ter acesso aos dados demandados. Uma grande tendência é a utilização de softwares em nuvem, especialmente para a área financeira.

 

Se ainda não conhece o assunto, saiba que um software em nuvem é aquele em que o acesso aos arquivos desejados ocorre de forma totalmente remota, pela internet. Isso elimina a necessidade de se ter um sistema instalado, conferindo uma série de benefícios.

 

Alguns dos maiores benefícios são descritos a seguir.

 

→ Flexibilidade: você pode ter acesso aos dados desejados de qualquer aparelho (smartphone, tablet, computador, etc.) e em qualquer lugar, desde que tenha o login e a senha.

 

→ Software como serviço: não é preciso comprar o software (como é feito hoje), basta “alugar” o serviço e mantê-lo em sua empresa pelo tempo que desejar.

 

→ Redução de custos: você só paga pelo que usa. Na maioria das vezes os provedores oferecem pacotes que se adequam exatamente à demanda da empresa;

 

→ Segurança: os arquivos não ficam salvos no computador da empresa, por isso é quase impossível que alguém mal-intencionado tenha acesso a eles.

 

O sistema financeiro em nuvem é uma grande tendência, até mesmo para o controle das finanças pessoais. Com ele é possível gerenciar melhor os gastos, saber onde o dinheiro está sendo investido e gerar relatórios fáceis de entender.

 

Existem muitos outros benefícios em utilizar sistemas financeiros on-line. Com eles é possível criar multiusuários, estabelecer metas, emitir propostas comerciais e conciliar contas bancárias. Tudo de forma inovadora, fácil e eficaz.

 

4 – Gestão de pessoas mais estratégica e inovadora

 

Com funcionários engajados e comprometidos é muito mais fácil atingir os resultados almejados pela empresa. Por isso a gestão estratégica de pessoas ganha um foco especial em 2017, tornando-se uma forte tendência nessa área.

 

Uma ideia que tem crescido bastante é a de intraempreendedorismo, capaz de fazer com que os funcionários pensem e ajam como donos. Isso contribui para que os colaboradores busquem solucionar os problemas internos e fiquem mais produtivos e inovadores.

 

Uma companhia referência em intra empreendedorismo é a 3M, a qual permite que 15% do tempo dos funcionários seja empregado em projetos paralelos. Dessa “brincadeira” surgiu um dos materiais de escritório mais vendidos em todo o planeta, o post-it.

 

Para incentivar a inovação e o intraempreendedorismo é especialmente importante construir uma cultura organizacional nesse sentido. Motive seus funcionários a buscarem soluções criativas, capazes de melhorar a empresa e o ambiente de trabalho.

 

5 – Utilização de chatbots

 

Talvez você já tenha sido atendido por um chatbot, mesmo sem saber. Essa é uma forte tendência para as empresas em 2017, capaz de otimizar os resultados da companhia, satisfazer necessidades mais simples dos clientes e gerar uma grande economia.

 

Não é à toa que diversas empresas já aderiram à ideia, desde bancos (como o Original) até startups (como a Uber). Como essa tecnologia tem ficado cada vez mais acessível, é possível que grande parte das empresas possa adotá-la em poucos anos.

 

Um chatbot pode ser considerado um sistema com inteligência artificial, capaz de solucionar problemas e cruzar dados de forma muito mais ágil que a mente humana.

 

Essas são algumas das principais tendências para o ano de 2017. Busque aplicá-las em sua empresa e garanta um grande diferencial competitivo em comparação à sua concorrência.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Ponto de equilíbrio financeiro: o que é e como calcular o da sua empresa
Por Controlle
Aprenda a calcular o índice de endividamento da sua empresa
Por Controlle
DRE: entenda como fazer e porque ele é essencial para a sua empresa
Por Controlle
O perfil da mulher empreendedora
Por Controlle
Controlle
Controlar as finanças da sua pequena empresa
ou startup, não precisa ser chato.

Conheça o Controlle, um gerenciador financeiro perfeito pra quem não gosta de perder tempo.

Faça como mais de 20 mil pessoas e receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter a gestão da sua empresa em ordem.