6 palestras do TED Talks sobre finanças que você precisa assistir!

Escrito por:

Encontrar fontes de conhecimento na internet é muito simples. Uma básica pesquisa no Google pode render inúmeros artigos, livros, vídeos, palestras e cursos, nas mais diversas áreas possíveis.

 

Porém, encontrar informações válidas e que consigam realmente acrescentar algo de produtivo é um grande desafio. Em termos de vídeos, pode-se destacar o TED Talks. O TED é uma organização sem fins lucrativos conhecida em todo o mundo por vídeos de até 18 minutos com conteúdo inovador.

 

O TED fornece vídeos e conhecimentos sobre inúmeras áreas. Se você quer aumentar o seu entendimento sobre economia, por exemplo, o TED é uma excelente alternativa. Com as ideias disponíveis é possível que você mude a gestão financeira da sua empresa e consiga expandir seus negócios.

 

Não sabe por onde começar? Leia este post e conheça 6 palestras do TED sobre finanças que você precisa assistir!

 

1. Investindo em um mundo melhor depois da crise – Geoff Mulgan

 

Geoff Mulgan, diretor da Young Foundation, um centro de inovação social, é o mentor dessa palestra. Realizada após a crise financeira que assolou os Estados Unidos em 2008, a ideia do vídeo é: tire o maior aprendizado da menor das crises.

 

De acordo com Mulgan, qualquer retrocesso traz diversas oportunidades e devemos nos beneficiar delas. Além disso, Mulgan diz que na crise percebemos as falhas de cada sistema econômico, mostrando que o capitalismo estaria desgastado, se tornando necessário o investimento em “capital social”.

 

A ideia do capital social pode ser confirmada pelo fato de vermos pessoas plantando em seus terrenos e telhados, o que é um exemplo de economia. Não tem relação direta com consumo e crédito, mas sim, com coisas importantes para as pessoas. Pensar fora da caixa, segundo Mulgan será o grande potencial econômico do futuro.

 

Veja o vídeo aqui: Investindo em um mundo melhor depois da crise

 

2. Como comprar felicidade – Michael Norton

 

O cientista Michael Norton diz que “Quem pensa que dinheiro não pode comprar a felicidade simplesmente não está gastando da maneira certa.” Inicialmente, essa frase representa um choque para quem está assistindo sua palestra do TED sobre finanças.

 

Segundo os estudos de Norton, quando somos egoístas em relação ao dinheiro ele nos traz sim a felicidade. Porém, se gastássemos uma parte do nosso dinheiro ajudando outras pessoas, ou seja, doando parte dele, seríamos mais felizes.

 

Parece loucura, mas o cientista fez um experimento com dois grupos de estudantes: um com objetivo de gastar consigo mesmo e o outro com o foco em gastar com outras pessoas, ambos os grupos com o mesmo montante financeiro. O resultado final comprova sua teoria.

 

Independentemente da quantidade de dinheiro que você gaste consigo mesmo, os gastos que você terá com outras pessoas te fará bem mais feliz. Em outras palavras, o dinheiro pode sim comprar a felicidade, quando usado da maneira correta. Pense nisso!

 

Veja o vídeo aqui: Como comprar a felicidade

 

3. Como lucrar enquanto faz a diferença – Audrey Choi

 

Audrey Choi é uma especialista em investimentos. Nessa palestra, ela mostra que empresas que estão comprometidas com questões sociais e sustentabilidade podem ser um ótimo negócio, tanto para a gestão de finanças quanto para a consciência.

 

A ideia de Choi é compatível com a ideia de Geoff Mulgan, quando este fala sobre os investimentos em capital social. Além disso, deve-se lembrar que as práticas de sustentabilidade estão se tornando cada vez mais presentes no mundo dos negócios, sendo considerada um grande diferencial de mercado.

 

Veja o vídeo aqui: Como lucrar enquanto faz a diferença

 

4. A economia de um macaco é tão irracional quanto a nossa – Laurie Santos

 

Com um título um tanto quanto assustador, essa conferência visa mostrar como os seres humanos, que possuem uma capacidade extremamente superior às outras espécies, cometem repetidamente os mesmos erros.

 

A psicóloga Laurie Santos analisou o mercado econômico global após a crise financeira de 2008, com o intuito de verificar se os mecanismos econômicos existentes são complexos demais, a ponto de não conseguirmos encará-los, ou se é a nossa mente que não está preparada para tomar decisões racionais em tempos de crise.

 

Como o título sugere, Santos fez a experiência com macacos-prego, uma das espécies mais inteligentes e que sabem tomar decisões. O experimento mostrou que os primatas têm o mesmo tipo de pensamento que os seres humanos: uma repulsão irracional a todos os tipos de perda. Vale a pena assistir!

 

Veja o vídeo aqui: A economia de um macaco é tão racional quanto a nossa

 

5. Uma mudança de estilo de vida que você nunca teve – Alexa von Tobel

 

Como você acha que as pessoas adquirem os conhecimentos em gestão financeira? Alguém os ensina ou a população simplesmente não tem informações e conhecimentos sobre essa área?

 

Alexa von Tobel mostra por que 75% dos americanos estão com a gestão de finanças pessoais fora de controle e por que essas pessoas não se preocupam com o dinheiro. Além disso, ela recomenda algumas mudanças no estilo de vida: fazer um orçamento, criar uma reserva financeira de emergência e, por último, quitar todas as suas dívidas.

 

Essa palestra pode ser extremamente útil para você, uma vez que as mudanças propostas pela mentora podem impactar positivamente na gestão financeira do seu negócio e viabilizar a expansão da sua empresa no mercado de atuação.

 

Veja o vídeo aqui: Uma mudança de estilo de vida que você nunca teve

 

6. Vamos educar as crianças para serem empreendedoras – Cameron Herold

 

O funcionamento do mundo dos negócios envolve diversas habilidades e conhecimentos de difícil compreensão. Prover esse tipo de ensinamento pode ser extremamente benéfico para as crianças. Além de prepará-las para o mundo real, os conhecimentos complexos podem desenvolver habilidades práticas e teóricas.

 

Cameron Herold, que era um aluno medíocre na escola, defende essa técnica. Herold sempre teve uma curiosidade imensa pelo mundo das finanças e pensa que “não deveríamos educar as crianças para que sejam médicos ou advogados, mas, sim, empreendedoras.”

 

Segundo ele, o sistema educativo costuma desanimar as crianças que apresentam vocação para o mundo dos negócios. Herold conta que começou a vender cabides com sete anos de idade e assim, obteve gosto pelo empreendedorismo. Hoje, empreendedor, ele revela hábitos que acredita que devem ser passados de pais para filhos, garantindo uma educação financeira para as crianças.

 

Veja o vídeo aqui: Vamos educar as crianças para serem empreendedoras

 

Adquirir conhecimentos financeiros é fundamental para os empreendedores. Utilizar a tecnologia em sua gestão financeira e nos processos de sua empresa pode ser um dos fatores de sucesso. Assistir as palestras do TED sobre finanças como material para a compreensão da economia e suas particularidades será extremamente vantajoso.

 

E aí, gostou do nosso artigo? Curtiu nossas dicas? Compartilhe este post em suas redes sociais e dissemine novas formas de conhecimento sobre finanças!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

10 métricas para startup: fique de olho para ter sucesso
Por Controlle
Mindset: como ele influencia na gestão da sua empresa
Por Controlle
Por que ter uma base de clientes é tão importante para os negócios?
Por Controlle
Qual a função do CEO em uma startup?
Por Controlle
Controlle
Controlar as finanças da sua pequena empresa
ou startup, não precisa ser chato.

Conheça o Controlle, um gerenciador financeiro perfeito pra quem não gosta de perder tempo.

Faça como mais de 20 mil pessoas e receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter a gestão da sua empresa em ordem.