A importância de relatórios gerenciais para o controle financeiro da empresa

Escrito por:

Para que as empresas possam conquistar um bom posicionamento no mercado e crescer, é fundamental que as suas decisões estratégicas sejam assertivas. Mas como os gestores podem se assegurar que estão tomando as melhores decisões para o seu negócio? Embora não exista uma única resposta para essa pergunta, uma coisa é certa: é impossível tomar decisões acertadas sem ter acesso a informações claras, confiáveis e consistentes sobre o seu negócio.

 

Os relatórios gerenciais são ferramentas eficientes para organizar dados, permitindo a análise de diversas variáveis estratégicas para uma boa gestão empresarial. O controle financeiro é uma dessas variáveis estratégicas que tem impactos inquestionáveis sobre o sucesso de uma empresa, e é sobre ele que voltaremos nossa atenção neste post.

 

Nos dias de hoje, manter uma empresa saudável financeiramente pode ser um grande desafio. Não importa a área de atuação, o porte ou o volume de faturamento. Por essa razão é fundamental que os gestores financeiros estejam munidos de informações confiáveis e relevantes no momento da tomada de decisão.

 

É justamente neste ponto que os relatórios gerenciais se fazem imprescindíveis para uma boa gestão financeira.

 

Mas o que são relatórios gerenciais e qual a sua importância para o controle financeiro de uma empresa?

 

Ao longo do tempo, o dia a dia da atividade empresarial vai gerando uma série de informações. O volume de vendas, a evolução dos preços dos produtos, a lucratividade das operações, a eficiência produtiva, etc. Essas informações podem ser processadas e organizadas de forma que tragam dados relevantes para a definição de estratégias futuras.

 

Por exemplo, a lucratividade da empresa foi afetada todas as vezes que houve um aumento do dólar em relação ao real. Em momento em que há uma queda da moeda, talvez seja prudente antecipar a compra da matéria-prima e assim por diante.

 

Os relatórios gerenciais são documentos que contém informações relevantes utilizadas para amparar a tomadas de decisão dos gestores. É importante destacar que as informações presentes nos relatórios sejam:

 

→ Atualizadas

→ Confiáveis

→ Claras

→ Objetivas

→ Relevantes

 

A análise de dados de uma série histórica pode tornar a projeção de cenários futuros muito mais assertiva. Usando o exemplo citado anteriormente, se durante os últimos 10 anos, toda vez que houve um aumento do dólar, o preço da matéria-prima aumentou, existe uma grande probabilidade que isso volte a acontecer em um cenário similar, certo? Então o gestor pode usar essa projeção para embasar suas decisões, aumentando a assertividade das suas escolhas.

 

Quais os relatórios gerenciais mais relevantes para o controle financeiro de uma empresa?

 

Quando o assunto é o gerenciamento das finanças, é fundamental que os gestores analisem as informações contidas em determinados relatórios para ter uma visão mais ampla e realista sobre a sua situação financeira da sua empresa. Por essa razão separamos alguns dos relatórios gerenciais mais relevantes para a realização de bom controle financeiro de uma empresa.

 

Fluxo de caixa

 

A análise do fluxo de caixa é umas das principais ferramentas para um bom controle financeiro de uma empresa. O fluxo de caixa analisa todas as entradas e saídas de capital de um empresa em um determinado momento, fornecendo uma visão muito mais apurada da real situação financeira de um negócio.

 

Uma mera análise do caixa da empresa, por exemplo, não permite identificar entradas e saídas futuras, por isso fornece um panorama muito limitado da situação financeira da empresa. Através do fluxo de caixa, o caixa da empresa passar a ser visto dentro de uma perspectiva do tempo, ou seja, é possível prever como estará do caixa da empresa dentro de um período projetado.

 

Despesas e Receitas

 

O relatório de despesas e receitas permite visualizar as entradas e saídas agrupadas por períodos, que podem ser dias, semanas, meses, despesas acumuladas, etc. Através desse tipo de relatório é possível ter um retrato fiel da situação do caixa da empresa em determinados períodos.

 

Por exemplo, o volume de contas a pagar em um dado período superam as contas que serão recebidas? O setor financeiro pode buscar renegociar prazos de pagamento com os fornecedores para fugir de empréstimos, etc.

 

Categorias

 

Todo mundo sabe que um dos principais objetivos de quem gerencia as finanças de uma empresa é a otimização de recursos financeiros. Por essa razão, é muito importante que o gestor consiga analisar de que forma o seu dinheiro está sendo gasto e de onde ele está vindo.

 

Uma simples análise das despesas a partir de categorias, pode revelar gastos desnecessários e permitir que o gestor desenvolva planos de ação para contornar a situação, otimizando o uso de recursos da empresa.

 

O relatório por categorias pode identificar também quais são as principais fontes de receita de sua empresa. A partir disso é possível pensar nos investimentos de forma mais consistente. Por exemplo, algum produto específico da empresa está apresentando melhores resultados? O gestor pode concentrar seus esforços para explorar ainda mais as vendas desse produto, como liberar recursos para campanhas de marketing, investir em máquinas mais produtivas, etc.

 

Contas

 

O relatório de contas é similar ao de receitas e despesas, mas permite que o gestor identifique as movimentações financeiras que ocorrem em determinados, especificamente dentro de cada conta.

 

Inadimplência

 

Você sabe dizer qual é a taxa de inadimplência do seu negócio? Quais são os seus maiores devedores e como você se comporta em relação a eles? Continua liberando crédito ilimitadamente ou faz negociações mais firmes?

 

Os relatórios de inadimplência podem ser importantes ferramentas que ajudam a reduzir os riscos do seu negócio.

 

O uso de softwares de gestão financeira, além de tornar as atividades operacionais mais eficientes, permite a elaboração dos relatórios mencionados acima de maneira simples e dinâmica. Sem o uso da ferramenta adequada, é muito mais difícil e trabalhoso organizar as informações de forma que elas possam amparar e otimizar a tomada de decisão.

 

Ao optar por uma ferramenta de gestão, é importante analisar se ela atende às necessidades gerenciais do setor e se permite personalizar determinadas demandas específicas que a empresa possa ter.

 

Conheça mais sobre o software de gestão financeira Controlle e otimize os resultados da sua empresa!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Ponto de equilíbrio financeiro: o que é e como calcular o da sua empresa
Por Controlle
Aprenda a calcular o índice de endividamento da sua empresa
Por Controlle
DRE: entenda como fazer e porque ele é essencial para a sua empresa
Por Controlle
Investimento para Startups: como encontrar investidores
Por Controlle
Controlle
Controlar as finanças da sua pequena empresa
ou startup, não precisa ser chato.

Conheça o Controlle, um gerenciador financeiro perfeito pra quem não gosta de perder tempo.

Faça como mais de 20 mil pessoas e receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter a gestão da sua empresa em ordem.