A importância do toque pessoal do empreendedor no negócio – 4 cases de sucesso

O que exatamente faz um negócio ser bem-sucedido? Claro, as...

O que exatamente faz um negócio ser bem-sucedido? Claro, as respostas para esta pergunta são as mais variadas possíveis. Desde um minucioso planejamento orçamentário e comercial, até boas estratégias de marketing e atendimento ao cliente, todas essas medidas administrativas são importantes para o sucesso de sua empresa. No entanto, certos empreendimentos são marcados pelo toque pessoal de seus donos, por aquela pessoalidade característica e de fácil identificação entre uma série de outros serviços similares no mercado.

Talvez seja justamente esse o diferencial que seu negócio precisa para se destacar em meio à concorrência. Por essa razão, listamos abaixo alguns exemplos de histórias com essa característica, com o toque pessoal e inconfundível do empreendedor em seu negócio. Confira!

1 – A história vitoriosa de Mark Zuckerberg

No âmbito dos empreendedores que foram bem-sucedidos em imprimir sua marca pessoal nos negócios, é impossível não falar sobre o bilionário do Facebook, Mark Zuckerberg. Segundo seu perfil na Forbes, Mark não deixa que seus investimentos na principal rede social do mundo sejam dominados simplesmente por interesses econômicos.

Além de apoiar causas polêmicas nos Estados Unidos, como a reforma da lei de imigração e o aprimoramento do sistema educacional americano em ciência e tecnologia, ele resiste à inserção exagerada de anúncios publicitários no Facebook, preferindo que a rede social permaneça ‘legal’. O mesmo acontece com o aplicativo para celular Whatsapp, adquirido pelo Facebook em 2014, no qual não há publicidade.

2 – A visão e a resiliência de Alex Atala

Alex Atala, dono do 6º melhor restaurante do mundo em 2013 (veja a reportagem aqui), é outro nome que não pode deixar de figurar nesta lista. O chefe de cozinha tornou-se mundialmente reconhecido por sua criatividade e qualidade. Ainda que seu restaurante figure constantemente entre os melhores do mundo, Alex busca constante renovação do cardápio, o que reflete seu espírito inovador e ousado. Punk quando jovem, o chefe mantém os traços característicos de sua personalidade intrigante e revolucionária, ao criar pratos como ostras empanadas com sagu, e fígado de pato com purê de cará.

Logicamente, o sucesso não veio do dia para a noite. O chefe teve que provar, ao longo do tempo, que seria capaz de sair do “lugar-comum” dos restaurantes de comida contemporânea em São Paulo. Não foi fácil! Atualmente, as pessoas que visitam seu restaurante buscam justamente a individualidade que ele imprime na criação do cardápio.

3 – Luiz Seabra e a singularidade da Natura

Ainda que você não seja um consumidor assíduo de produtos da Natura, com certeza conhece a marca e já assistiu a uma de suas propagandas. Luiz Seabra é seu sócio-fundador e dirige a Natura, um dos carros-chefes da expansão comercial de empresas brasileiras no exterior.

No mercado brasileiro de cosméticos, a Natura baseia-se na construção de uma empresa sustentável, com produtos de origem natural e produzidos de forma a não prejudicar o meio ambiente. Ao contrário de outras grandes marcas de cosméticos, a empresa de Luiz não possui lojas físicas de varejo, e vende seus produtos por meio de revendedores porta a porta. A empresa não realiza testes em animais, segue normas de segurança com padrões internacionais e desenvolveu o Programa Carbono Neutro para reduzir suas emissões de carbono.

4 – O carisma de Oprah Winfrey

Oprah Winfrey, mais conhecida por seu programa de variedades e entrevistas, também tem muito a nos ensinar sobre a pessoalidade dos seus negócios. Ela é um exemplo de empreendedorismo norte-americano, pois é produtora de filmes (‘O Mordomo’), atriz, apresentadora, editora de revista (‘O Magazine’), dona de um canal de TV (OWN Network), entre várias outras funções. Basicamente, seu nome tornou-se uma marca e está em diversas mídias norte-americanas.

O que a torna tão especial? Oprah começou como âncora de jornalismo, mas logo suas habilidades pessoais transpareceram. Ela consegue extrair emoções até dos artistas mais reservados de Hollywood, além de ser referência para milhares de telespectadores em relação a padrões de consumo, opções literárias e opiniões políticas. Ela não se enquadra nem no conceito tradicional de apresentadores de talk-shows (engraçados, porém reservados, como Jay Leno e David Letterman), e nem de entrevistadoras ‘duronas’, como Diane Sawyer e Barbara Walters. O que a singulariza entre tantas outras do ramo televisivo é justamente sua personalidade, que transparece em suas ações sociais, trabalho investigativo e  empreendedorismo na tomada de riscos comerciais.

Todos esses exemplos de empreendedores de sucesso servem para demonstrar a importância da pessoalidade nos negócios. Ainda que um produto ou serviço seja similar a diversos outros oferecidos no mercado, é importante que o empreendedor imprima sua marca pessoal naquele setor. Além de se destacar em meio à concorrência, que é cada vez maior e mais complexa, empreendedores que não hesitam em utilizar seus melhores atributos no desenvolvimento de um negócio individual têm maiores chances de sucesso atualmente.

Como essas histórias lhe inspiram a dar um toque pessoal no seu negócio? Tem algum tipo de dúvida em como imprimir essa marca no seu empreendimento? Escreva para a gente!


Deixe seu comentário