Análise do fluxo de caixa: como fazer na sua empresa

Para uma empresa se manter no mercado é indispensável que faça uma boa gestão financeira e, principalmente, uma boa análise do fluxo de caixa. Afinal, um bom controle das finanças só é possível quando existe uma boa gestão do dinheiro.

É através do fluxo de caixa que as empresas conseguem analisar e controlar suas despesas e medir seus investimentos. Com esse recurso, os gestores investem melhor em seus negócios e direcionam recursos para áreas importantes que podem ajudar a empresa a crescer.

O que é o fluxo de caixa e quais os tipos?

O fluxo de caixa é um demonstrativo que auxilia na gestão financeira dos negócios da empresa. É através do fluxo de caixa que todos os recebimentos, gastos e os investimentos feitos são acompanhados.

Nesse sentido, são registradas todas as movimentações financeiras das organizações a fim de manter um controle dos negócios, para que a empresa consiga alcançar resultados eficientes e cresça dentro do mercado em que está inserida.

Entretanto, para realizar um bom gerenciamento dos gastos, é necessário analisar os custos de cada transação, a fim de saber como o dinheiro está sendo aplicado.

Existem muitas variações do fluxo de caixa que as podem empresas usar para diferentes propósitos. Cada uma traz informações sobre movimentações financeiras específicas, sendo analisadas em conjunto ou separadamente.

Entre os tipos fluxo de caixa que podem existir dentro de uma empresa estão o fluxo de caixa projetado, fluxo de caixa descontado, fluxo de caixa livre, fluxo de caixa direto, fluxo de caixa operacional, fluxo de caixa indireto e fluxo de caixa de investimentos.

Análise do fluxo de caixa

De maneira simplificada, a análise de fluxo de caixa é a observação do quanto a empresa gera de recebimento e do quanto a empresa gasta, em um período de tempo determinado. 

A análise de fluxo de caixa pode ser considerada a melhor maneira de uma empresa avaliar o seu desempenho, porque a partir dela é possível medir e comparar os números que giram o negócio.

Da mesma forma, a empresa consegue identificar quais são as melhores fontes de receita e em quais despesas o dinheiro está sendo gasto. Assim também, é possível identificar quais os fatores levaram a empresa a ter maior ou menor disponibilidade de dinheiro em determinado período do ano, e evitar maiores prejuízos para os negócios.

Como resultado, a análise de fluxo de caixa ajuda tanto nas tomadas de decisões, quanto na criação de um planejamento focado no crescimento do negócio. 

Como fazer a análise de fluxo de caixa

Agora que você já sabe que a análise de caixa consiste em medir e comparar as receitas e despesas, fica mais fácil entender como ela é feita. 

A análise do fluxo de caixa pode ser feita de forma vertical e horizontal. Ao passo que, na análise vertical a avalição é feita entre os números totais entre receitas e despesas em um período. Já na análise horizontal a comparação é feita em cada indicador entre determinados períodos. 

Apesar de não ser uma tarefa muito difícil, para melhorar a gestão financeira da empresa através da análise de fluxo de caixa é necessário estar atento a alguns pontos, como:

  1. Comece verificando quanto dinheiro há no caixa da empresa;
  2. Faça uma lista especificando quais transações são feitas e quanto se gasta em cada uma delas. Isso é importante para analisar futuramente os gastos que podem ser cortados;
  3. Faça o registro financeiro de tudo o que sai e entra na empresa;
  4. Projete o fluxo de caixa dentro de um período de 12 meses para se organizar;
  5. Anote datas e períodos de pagamentos;
  6. Mantenha sempre a lista atualizada, corrigindo os valores quando necessário. Ao final, o resultado entre o valor que sai e o que entra é o saldo disponível da empresa.

Tanto os registros de entradas e saídas, quanto a análise podem ser feitos utilizando planilhas, porém, empresas que buscam por mais assertividade e produtividade na hora de fazer a gestão financeira optam por utilizar um ferramentas que ajude nessa tarefas, como o sistema controlle

Conclusão

Entender o que é o fluxo de caixa, mantê-lo sempre atualizado e fazer uma análise correta permite o sucesso nos negócios. Afinal, ele colabora com a estabilidade e a saúde financeira das organizações.

Por fim, contar com a ajuda da tecnologia do sistema Controlle para essa tarefa, pode ser uma grande vantagem. Acesse nosso site para saber mais e faça o teste gratuito da nossa ferramenta.


Deixe seu comentário
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade