Análise SWOT: o que é e como fazer na sua empresa

Escrito por:

Definir um plano estratégico para o negócio é uma tarefa que deixa muitos empreendedores apreensivos. Afinal, buscar um direcionamento efetivo e sólido para uma empresa – seja o tamanho que for – é uma responsabilidade e tanto para qualquer pessoa.

Na hora de estabelecer metas, objetivos, ações e iniciativas que fornecerão suporte ao negócio, no entanto, existem algumas ferramentas bastante úteis – que podem e devem ser utilizadas. É o caso da análise SWOT.

Quer saber o que é e como funciona a análise SWOT? Então continue a leitura deste artigo e saiba como utilizar esta importante ferramenta em prol do crescimento da sua empresa!

 

O que é análise SWOT?

 

A análise SWOT – também conhecida como FOFA – é uma estratégia bastante utilizada para avaliar o ambiente interno e externo de uma empresa. Abreviação de forças, oportunidades, fraquezas e ameaças (FOFA) – ou, do inglês, strenghts, weaknesses, opportunities e therats (SWOT), esta análise tem um papel fundamental em qualquer organização. 

Esta técnica consiste, basicamente, em ajudar o empreendedor a identificar as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças relacionadas ao negócio e formular estratégias eficientes para otimizar o desempenho do empreendimento em um mercado cada vez mais saturado e competitivo.

Independentemente do tamanho do negócio, fazer uso desta ferramenta permitirá ao gestor avaliar, em detalhes, o contexto interno e externo nos quais a empresa está inserida e visualizar possíveis caminhos a se seguir no futuro. 

Se uma ameaça ou fraqueza, por exemplo, é identificada, cabe ao gestor remanejar o planejamento corporativo para solucionar os problemas encontrados. Se, por outro lado, uma força ou oportunidade aparece, cabe também ao administrador encontrar meios de aproveitar estas oportunidades para crescer e se destacar frente à concorrência.

 

Para que serve a análise SWOT?

 

Como já dissemos, a análise SWOT é essencial para qualquer empresa que deseja analisar os atributos da organização e do ambiente interno e externo com visão mais crítica, identificando o que pode ser útil e o que pode ser prejudicial ao negócio. 

É a partir desta análise que se verifica os pontos fortes da empresa, as oportunidades disponíveis no mercado, os pontos fracos do negócio – que exigem muita atenção por parte do administrador – e as ameaças que existem ou que podem surgir no futuro, que teriam condições, eventualmente, de minar o sucesso da empresa.

Diferente de muitas outras ferramentas, a análise SWOT não exige do gestor ou empreendedor conhecimento prévio de diferentes informações ou números. Basta que se tenha interesse em analisar alguns aspectos internos e externos relacionados ao negócio e organizá-los corretamente para conseguir fazer bom uso desta estratégia.

 

Como a análise SWOT funciona, na prática?

 

Ao utilizar esta importante estratégia no dia a dia corporativo, o empreendedor deve buscar identificar, entre outros pontos, quais atividades são melhor realizadas dentro da empresa. 

É possível também analisar suas principais vantagens competitivas, suas maiores fraquezas, as oportunidades que o mercado possa estar oferecendo para o setor – sejam elas de curto, médio e longo prazo, entre outros fatores.

E não é apenas o administrador que deve fazer este exercício analítico. Qualquer colaborador que desejar analisar sua área de atuação dentro e fora da companhia, observar o comportamento da concorrência e identificar pontos de melhoria no próprio negócio pode fazer uso da análise SWOT.

Entre os pontos que podem ser identificados (e documentados) a partir da análise SWOT estão os dados sobre clientes, colaboradores, fornecedores, concorrentes, análise macroeconômica, e outros. Somente a partir destas informações se torna possível conhecer, em detalhes, o cenário interno e externo que envolve a empresa – permitindo, como consequência, a adoção de medidas benéficas para o negócio.

 

Como fazer esta análise?

 

Para utilizar a análise SWOT em favor do seu negócio, existem alguns passos que você deve seguir. Afinal, esta ferramenta precisa ser utilizada (e avaliada) da maneira correta, abrangendo tanto os aspectos internos quanto externos inerentes à empresa.

Para obter sucesso na hora de fazer a análise SWOT em seu negócio, vale a pena seguir três passos importantes. São eles: estabelecer as vantagens e desvantagens da empresa em relação aos seus concorrentes, identificar oportunidades e ameaças no mercado e fazer uma análise final.

Entenda mais a fundo cada uma destas três etapas.

 

Estabelecer vantagens e desvantagens em relação aos concorrentes

 

O primeiro passo a ser dado na hora de fazer uma análise SWOT eficiente é identificar todos os principais pontos fortes e fracos da empresa em relação aos seus concorrentes. Nesta etapa, vale estudar cada vantagem e desvantagem do negócio e buscar alternativas para atenuar os pontos fracos identificados.

 

Identificar oportunidades e ameaças

 

Em seguida, vale a pena observar o mercado no qual sua empresa está inserida de maneira holística e encontrar as principais oportunidades e ameaças neste mercado. Identifique o que poderá se mostrar como uma oportunidade de crescimento no futuro e também atente-se ao que pode representar uma ameaça ao seu negócio. 

Desta forma, ficará mais fácil elaborar um planejamento estratégico eficiente e alinhado com a realidade e projeções para o futuro.

 

Fazer uma análise final

 

De posse destas importantes informações sobre o seu negócio, sobre seus concorrentes e o segmento no qual sua empresa está inserida, é o momento de fazer uma análise final do material e estabelecer metas, objetivos e soluções para cada um dos pontos identificados. 

Anote todas estas informações em um documento, analise-o e dê início à elaboração de um planejamento eficiente para o seu negócio. Não se esqueça apenas de ser realista, manter a objetividade e priorizar os pontos mais importantes da análise no que se refere ao seu negócio.

Desta forma, você conseguirá elaborar um plano mais coerente e acertado para colocar (ou manter) sua empresa nos eixos e conduzi-la rumo ao crescimento sustentável e ao sucesso. Pense nisso!

Agora que você já sabe o que é e como fazer a análise SWOT na sua empresa, que tal conhecer mais sobre os principais indicadores de negócios? Clique aqui e saiba mais sobre o assunto!

 

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

DRE: entenda como fazer e porque ele é essencial para a sua empresa
Por Controlle
A importância da inovação na empresa: 5 dicas para pensar fora da caixa
Por Controlle
Como os softwares de gestão empresarial aumentam a produtividade da indústria
Por Marketing para Indústria
Networking: criando conexões para alavancar novos negócios
Por Controlle
Controlle
Controlar as finanças da sua pequena empresa
ou startup, não precisa ser chato.

Conheça o Controlle, um gerenciador financeiro perfeito pra quem não gosta de perder tempo.

Faça como mais de 20 mil pessoas e receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter a gestão da sua empresa em ordem.