Como avaliar a situação financeira da sua empresa? Confira 4 dicas!

Situação financeira

Analisar a situação financeira de pequenas e médias empresas deve ser uma ação gerencial estratégica constante na rotina empresarial. Além do monitoramento dos resultados, o processo envolve também um bom planejamento.

Afinal, todo empreendedor que deseja conduzir uma organização de sucesso deve entender que cada ação realizada na empresa terá reflexos na estrutura e no desempenho econômico e financeiro do negócio.

Neste artigo, você conhecerá 4 dicas para avaliar a situação financeira da sua empresa e conseguir tomar decisões mais estratégicas para o desenvolvimento do negócio. Vamos lá?

Importância de avaliar a situação financeira da empresa

Muitas empresas têm dificuldades para consolidar seus negócios no médio e longo prazo. Isso pode ser causado por problemas internos ou relacionados aos concorrentes e qualquer outro fator decorrente da situação econômica do país.

Ademais, algumas razões pelas quais há queda de desempenho ou de geração de lucro em um empreendimento são:

  • descontrole de fluxo de caixa;
  • má administração;
  • falta de experiência e planejamento;
  • ausência de capital de giro;
  • entre outros.

Nesse sentido, a análise financeira é a principal maneira de estudar a capacidade de geração lucro de uma empresa e medir seu desenvolvimento. Por meio dela, é possível encontrar meios para melhorar o uso dos recursos e, consequentemente, as finanças do negócio.

Portanto, um bom gestor deve conseguir identificar sua situação financeira. Assim, é possível ganhar mais autonomia na tomada de decisão. Ao saber se as finanças empresariais estão positivas ou negativas, é possível desenvolver estratégias de curto, médio e longo prazo para o crescimento da companhia.

Para facilitar esse processo, é essencial deixar os dados contábeis atualizados. Essas informações ajudarão a identificar eventuais problemas na gestão financeira e a corrigir esses gargalos para garantir o equilíbrio econômico do negócio.

4 Dicas para avaliar a situação financeira da sua empresa

Agora que você sabe a importância de avaliar a situação financeira da sua empresa, é necessário entender que existem diversas formas de colocar essa ação em prática. Para tornar o processo mais simples e intuitivo, vale conhecer 4 dicas para fazer uma boa análise da saúde econômica e financeira do empreendimento.

Confira a seguir!

  1. Analise o balanço patrimonial

O balanço patrimonial é um demonstrativo que aponta a posição do patrimônio de uma empresa de forma quantitativa e qualitativa. Assim, ele fornece uma visão geral da situação econômica e financeira do negócio.

Para tornar a análise e interpretação do documento mais organizada e eficaz, as contas referentes aos ativos são agrupadas e apresentadas em ordem crescente de grau de liquidez. Já as informações relativas aos passivos são reunidas e mostradas em ordem crescente de grau de exigibilidade.

Por possuírem elementos quantitativos e qualitativos, os componentes do balanço patrimonial permitem realizar uma análise detalhada dos bens, direitos e créditos que a companhia possui sob sua titularidade.

Da mesma forma, esses dados permitem entender quais são as obrigações e dívidas obtidas com terceiros. Essa análise traz um panorama de curto, médio e longo prazo do negócio para adaptar sua gestão estratégica conforme as necessidades financeiras e econômicas apresentadas.

  1. Considere também a análise da DRE

A demonstração do resultado do exercício (DRE) é um relatório informativo fundamental para fazer o planejamento financeiro inteligente do negócio. O objetivo desse documento é apontar, mensal ou anualmente, se a empresa está obtendo lucro ou prejuízo.

Para isso, a DRE apresenta as receitas, os custos e os resultados de um período, analisados de acordo com o princípio contábil do regime de competência de contas. Assim, é possível demonstrar toda a lógica e os cálculos que levaram ao resultado líquido obtido.

Logo, elaborar a DRE e analisá-la em conjunto com o balanço patrimonial é bastante interessante para a boa gestão da companhia. Esses relatórios permitem avaliar de forma crítica e aprofundada os números apresentados, considerando a eficácia das medidas adotadas pela companhia no período analisado.

Eles também permitem elaborar novas estratégias para o futuro. Para isso, é viável estudar cenários que possibilitem a expansão de suas operações no mercado, o aumento da margem de lucro e a melhora no desempenho financeiro.

  1. Conheça os principais indicadores econômicos e financeiros

Utilizar uma metodologia e adotar índices econômicos e financeiros é fundamental para que a gestão empresarial possa organizar os números. Com isso, é possível transformá-los em informações relevantes para o negócio.

Nesse sentido, indicadores de atividade visam mensurar a velocidade com que as contas são convertidas em caixa. Isso ajuda a entender se as receitas de vendas estão sendo rapidamente utilizadas para o financiamento das atividades, por exemplo.

Já os indicadores de estrutura de capital permitem avaliar a situação de endividamento da empresa. Eles também ajudam a analisar a capacidade de geração de caixa, objetivando a quitação das obrigações financeiras sem que o desempenho ao longo do período seja prejudicado.

Os indicadores de rentabilidade também são bastante comuns e analisam os lucros obtidos com relação ao capital investido, vendas feitas e ativos existentes em suas contas.

Antes de definir quais índices serão usados para verificar a saúde financeira e econômica da sua empresa, avalie quais estão sendo utilizados pelo mercado. Assim, seus resultados refletirão a realidade da companhia em relação a outras no mesmo setor de atuação.

  1. Utilize um software de gestão financeira

Como você viu, existem diversas análises que precisam ser feitas para compreender como estão as finanças empresariais e criar projeções. Portanto, controlar o seu sistema financeiro fica muito mais simples com o auxílio de um software de gestão.

O sistema permite organizar em um único lugar suas contas bancárias e cartões de crédito. Assim, fica muito mais fácil gerar relatórios e fazer análises financeiras. Além disso, ao ter um software de gestão, você contará com suporte qualificado em qualquer estágio do seu negócio.

Com o sistema do Controlle, por exemplo, você pode entrar em contato por chat ou e-mail e conversar com a equipe de suporte. Isso permite resolver seus problemas de forma rápida e prática. Também é possível baixar gratuitamente o aplicativo e fazer o controle financeiro do seu negócio de onde você estiver.

Com essas 4 dicas, fica mais fácil fazer uma análise da situação financeira da empresa de forma eficiente. Porém, pequenas adaptações podem ser realizadas para alinhar melhor a análise às suas necessidades. Assim, os resultados da estratégia tendem a ser ainda melhores.

Gostou do conteúdo e quer profissionalizar a gestão financeira do seu negócio? Registre-se e experimente a solução que o Controlle pode oferecer!

Sistema de controle financeiro

Deixe seu comentário
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade