10 dicas de como escolher um software de controle financeiro

Como escolher software de controle financeiro

Saber como escolher um software de controle financeiro é essencial. Afinal, essa ferramenta vai ajudar em todo esse processo, emitindo notas fiscais, fazendo a gestão financeira empresarial de forma completa, diminuindo os erros financeiros e muito mais. Então, a ferramenta certa pode trazer muito mais precisão e ajudar a otimizar o trabalho dentro da empresa.

Porém, com tanta oferta no mercado, encontrar a ferramenta certa não é simples. Por isso, confira o post e conheça nossas 10 dicas de como escolher um software de controle financeiro.

Confira abaixo, 10 dicas de como escolher um software de controle financeiro para a sua empresa:

1- Entenda suas necessidades

O primeiro passo é olhar para sua própria empresa. Como você trabalha? Qual é o tipo de pagamento mais comum? Como é a tributação? Existem softwares dos mais diversos nichos e o primeiro passo para escolher é saber o que você precisa.

2- Avalie as funcionalidades dos softwares

Sabendo o que você precisa, você pode avaliar o que os softwares oferecem e comparar com suas necessidades. Se você trabalha na área administrativa de uma grande empresa ou é empreendedor, as necessidades são diferentes, especialmente em relação ao escopo.

3- Conheça o histórico e a política de atualização do sistema

Procure saber se o fornecedor atualiza o software com uma boa regularidade. As atualizações não somente trazem novas funcionalidades, mas também ajudam a manter a segurança do software.

4- Descubra se ele é seguro

Evidentemente, um software de controle financeiro vai lidar com informações importantíssimas. É por meio dele que você vai organizar as finanças da sua empresa, o que significa que segurança é um ponto essencial. Garanta que o software é seguro, de modo que seus dados estejam sempre protegidos.

5- Entenda se o software é fácil de usar

Outro ponto importante é a facilidade no uso do software. Afinal, de nada adianta ter um software repleto de funcionalidades, se ele é lento, tem um design que não é intuitivo ou é repleto de problemas.

Sistema de controle financeiro

6- Aproveite o período de testes, se tiver

Os fornecedores podem oferecer períodos de testes e você pode, e deve, aproveitá-los. Durante esse período, você pode trazer outros colaboradores, especialmente aqueles que vão usar a solução no dia a dia. Seu input é crucial para a escolha do software ideal.

7- Conheça se o software funciona no celular

Naturalmente, por conta da transformação digital, o trabalho não é feito apenas no computador. Em uma reunião com um cliente, uma visita a uma filial da empresa ou simplesmente por conveniência, pode valer muito a pena usar um software no celular.

8- Veja se ele tem integração com a nuvem ou com a internet

Da mesma forma, os sistemas precisam ter funcionalidades online, normalmente através da nuvem. Com a popularização do home office e de equipes que estão mais espalhadas geograficamente, o sistema precisa possibilitar o uso sem limitações.

9- Questione sobre a qualidade do suporte técnico

Esse é um dos pontos mais importantes a avaliar em qualquer contratação de softwares. Um bom suporte não é só para resolver possíveis problemas, mas tirar dúvidas e ajudar você a aproveitar o máximo do produto.

10- Procure opiniões de quem já usou

Por fim, parte da pesquisa é procurar opiniões de outras pessoas que já usaram a solução. Tire todas as suas dúvidas e faça perguntas referentes as dicas anteriores. Assim, você tem uma visão mais completa da experiência da outra pessoa, que pode ajudar na sua.


Deixe seu comentário
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade