Como fazer controle de estoque?

Um dos processos mais importantes da empresa, mas que muitas...

Um dos processos mais importantes da empresa, mas que muitas vezes fica relegado a um cantinho escuro, dirigido por um funcionário sem o devido preparo, o controle de estoque detém aproximadamente 40% do capital da empresa e está diretamente ligado ao financeiro. Ele é responsável por controlar as entradas e saídas de mercadorias e contribui diretamente para que a empresa seja mais competitiva no mercado, desde que acompanhado diariamente por uma pessoa responsável e que entenda sua importância.

Para você que está investindo no seu próprio negócio e deseja fazer um controle de estoque adequado, criamos um material rico para ensinar-lhe como realizar esse controle e otimizar esse processo dentro da sua empresa. Esperamos que aproveite e, se tiver dúvidas, não hesite em deixar seu comentário!

Como criar uma rotina de controle de estoque

O controle de estoque é um processo que deve ser meticuloso e bem acompanhado, por esse motivo as empresas costumam otimizá-lo com a adoção de sistemas informatizados de controle de estoque. Com esses sistemas é possível deixar que a parte mais demorada do controle, que são os cálculos, inventários e históricos, fiquem por conta de um software enquanto o profissional responsável se preocupa com a aquisição e distribuição de mercadorias para a empresa.

A rotina de controle de estoque parece simples, mas a verdade é que ela demanda muita atenção e paciência para seguir este roteiro:

Mantenha registros diários

Todas as entradas e saídas devem ser registradas imediatamente. Se você deixar para fazer o controle de estoque uma vez por semana ou a cada dois ou três dias, pode perder o rumo e incorrer nos problemas que citamos anteriormente. Ademais, em empresas com grandes estoques, é comum o sumiço de mercadorias, por isso é preciso manter-se atento.

Compartilhe seu controle de estoque com os fornecedores

Para otimizar as reposições no estoque, você pode optar por um sistema de controle de estoque compartilhado com seus fornecedores. Quando o estoque de determinada mercadoria chega a um certo limite, o fornecedor é avisado para repor as mercadorias para você, facilitando as entregas e evitando que você esqueça de fazer um pedido.

Integre o controle de estoque ao sistema de vendas

Sistemas integrados de gestão contribuem significativamente para que sua empresa melhore no atendimento e na agilidade de resposta ao mercado. Integrando seu controle de estoque com o sistema de gestão de vendas, você tem um processo automatizado que permite que seu controle de estoque seja alimentado diretamente quando há baixa de um produto nas vendas, otimizando o tempo de ambas equipes.

Organize o fluxo de entradas e saídas

O fluxo de entradas deve ser obedecido à risca para que não se perca o controle do estoque. Um simples passo a passo pode contribuir para isso, veja: Receber > Conferir > Registrar > Identificar > Armazenar.

Dicas valiosas

Para controlar o estoque você precisa primeiro planejar. Saber o ciclo de compra de cada produto ou insumo permite que você programe as compras e saiba exatamente quando seu estoque precisa ser reposto.

Criar uma metodologia de identificação de todos os itens dentro do estoque facilita o encontro dos materiais quando necessário e otimiza seu tempo de distribuição para os demais setores. Organizar a disposição dos produtos e materiais de maneira que os que possuem maior rotatividade fiquem na frente, também dá a você maior agilidade na distribuição e controle do estoque.

Saber o custo de manutenção do seu estoque também garante o investimento necessário para que sua empresa o mantenha em ordem, bem como pode oferecer insights para a otimização do estoque de maneira que os custos de manutenção sejam reduzidos — já que quanto maior o seu estoque, maior a necessidade de capital de giro para mantê-lo.

Não deixe que produtos fiquem parados por muito tempo, pois eles perdem o valor de mercado e podem acarretar prejuízos para a sua empresa. Apele para as promoções e queimas de estoque quando tiver que renová-lo, garantindo as vendas e mantendo seu estoque saudável.

Por fim, para fazer um controle de estoque excelente, invista em ferramentas de automatização, que se ocupam dos processos mais morosos e delicados, como entradas e saídas, custo unitário e total dos itens armazenados.


Deixe seu comentário