Como uma consultoria pode ajudar nas finanças da sua empresa

Escrito por:

Qual é a atual situação financeira do seu negócio? Precisa sair do vermelho? Trabalha apenas para pagar dívidas? E se acontecer um imprevisto, como uma doença, ou falência de seu negócio, como você se recuperaria disso? Um consultor financeiro é a pessoa que te ajudará a responder essas questões, traçar um plano para que você saia de situações delicadas que podem pôr em risco seus esforços e, principalmente, vai te orientar para que a realização de alguns sonhos fique bem mais fácil.

 

Vamos entender melhor quem é e quem não é um bom consultor financeiro, a maneira como funciona uma consultoria e sua crescente importância no cenário atual da nossa economia. Confira!

 

Quem é ou não um consultor financeiro?

Você já entendeu que o gerente de seu banco e os agentes de investimentos ligados às corretoras de valores nem sempre oferecem as melhores opções de investimento para você? A razão disso é que eles têm metas de vendas de produtos, em outras palavras, recebem certa pressão do nível gerencial para indicar determinados produtos financeiros para seus clientes. É por isso que muitas vezes seu gerente bancário dirá que aumenta o seu limite de crédito se você comprar um título de capitalização, ou o agente de investimento dirá que você deve investir em um título pré-fixado, quando o mercado todo está investindo em pós-fixado por causa dos efeitos que a inflação pode ter no primeiro modelo.

 

Gerentes de banco e agentes de investimento não são consultores financeiros, pois agem mais com base nas necessidades de seus empregadores do que de seus clientes. Um consultor financeiro costuma ser remunerado com um valor fixo ou com um percentual sobre os rendimentos de seu investimento. Sua função é analisar, planejar, orientar e acompanhar as ações que as pessoas devem tomar para saírem de determinada situação ou alcançarem os seus sonhos ao atingirem suas metas financeiras. O principal foco da atuação de uma consultoria financeira é o interesse de seus clientes e a saúde do seu bolso.

 

Para efeitos de comparação, confiar no gerente de seu banco seria o mesmo que ir ao advogado financiado pela empresa que você quer processar. Quais as chances disso dar certo? Ou, ainda, é como ir ao médico e ele receitar o medicamento que você precisa e mais uns dois ou três do laboratório que o patrocina, afinal, sua consulta foi grátis e você poderia dar uma forcinha para ele. Você tomaria os medicamentos receitados?

 

Está na hora de procurar uma consultoria financeira?

  • Você tem grandes sonhos como viajar pelo mundo, guardar seu primeiro milhão, entre outros, mas não sabe como agir para viabilizá-lo?

 

  • Você está com as contas no vermelho, ou perto disso, tem empréstimos e financiamentos de alto valor em seu nome e quer descobrir como sair dessas situações?

 

  • Você tem ações, títulos públicos ou outras formas de investimento, mas não sabe como administrá-los para conseguir melhores lucros?

 

  • Suas reservas financeiras são inferiores a 3 salários líquidos de sua família?

 

  • Se sua fonte de renda principal acabar (problemas com sua empresa), você terá dificuldades para quitar suas dívidas nos meses seguintes?

 

As consultorias financeiras só não são indicadas para pessoas que têm um grande conhecimento financeiro e que dispõem de tempo para realizar suas análises e planejamentos de forma constante. Nos demais casos, uma consultoria pode salvar quem precisa, ajudando a pessoa a manter seu foco em ganhar mais dinheiro e administrá-lo bem após conquistá-lo.

 

Como escolher um consultor financeiro?

Existe uma certificação que mede o grau de conhecimento do consultor financeiro em produtos e no mercado, chamada: CFP® (Certified Financial Planner). Ela pode ser um dos critérios avaliados em sua escolha, mas existem outros 3 muito importantes:

 

  • Avalie se os seus interesses são de fato os únicos que o consultor levará em conta. Ou seja, saiba se ele está vinculado a alguma instituição (e, por isso, só indicará os produtos e serviços dela);

 

  • Analise qual é o tipo de comprometimento financeiro que a consultoria exigirá. O melhor modelo é aquele que pede um percentual dos valores que você está investindo ou das metas que você atingir, pois nesse caso o consultor terá todo o interesse em fazer com que você alcance suas metas, caso contrário ele não receberá;

 

  • Indicações e currículo devem contar muito! A formação do consultor, seu histórico de atendimento e sua experiência em gerenciar investimentos deve ser amplamente investigada. Caso não tenha recebido nenhuma indicação de outras pessoas, peça para que o consultor permita que você converse com algumas pessoas que ele atende.

 

Como funciona uma consultoria?

Basicamente, ela seguirá 4 passos:

Análise de seu perfil financeiro

O consultor vai te entrevistar para saber qual seu grau de tolerância às perdas financeiras; sua atual situação econômica; seus objetivos, sonhos e metas; solidez de sua empresa, entre outros fatores.

 

Planejamento

Com base no seu perfil, o consultor apresentará um plano para que você se estabilize financeiramente, passe a poupar e invista nas coisas certas, otimizando seus resultados.

 

Execução

Tão importante quanto planejar, é executar. O consultor terá reuniões periódicas para apoiar a execução de seu planejamento financeiro e avaliar se suas metas estão se desenvolvendo dentro do esperado.

 

Comemoração e replanejamento

Atingir uma meta merece uma comemoração, mas também precisa que um novo marco seja estabelecido — ou suas finanças podem sair do controle. Um consultor vai ajudá-lo a replanejar sempre que uma meta for atingida.

 

Você já conhecia a importância de uma consultoria financeira? Qual sua experiência na administração de seus investimentos e bens? Vamos compartilhar nossos conhecimentos!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Customer Success: o que é e por que investir nessa estratégia?
Por Controlle
Missão, Visão e Valores: aprenda a definir as da sua empresa
Por Controlle
O que é Centro de Custo e quais as vantagens de usá-lo em sua empresa
Por Controlle
Como calcular o lucro da sua micro ou pequena empresa
Por Controlle
Controlle
Controlar as finanças da sua pequena empresa
ou startup, não precisa ser chato.

Conheça o Controlle, um gerenciador financeiro perfeito pra quem não gosta de perder tempo.

Faça como mais de 20 mil pessoas e receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter a gestão da sua empresa em ordem.