Conciliação bancária: o que é e como fazer

Muitos empreendedores não sabem o que é conciliação bancária e...

Conciliação bancária

Muitos empreendedores não sabem o que é conciliação bancária e como fazer. E muitas vezes, é o desconhecimento de algumas ferramentas importantes de gestão financeira empresarial, que dificulta o crescimento e sucesso dos negócios.

Pensando nisso, fizemos esse post sobre conciliação bancária para agregar ainda mais no controle financeiro da sua empresa.

O que é conciliação bancária?

Conciliação bancária é o processo de conferência do extrato bancário juntamente com as informações do controle financeiro interno da empresa. 

Através da conciliação bancária se compara, se as movimentações do banco estão de acordo com as movimentações registradas na empresa.

A importância de fazer conciliação bancária

O principal objetivo da conciliação e que a faz ser extremamente importante, é que por meio dela se verifica se as movimentações previstas ocorreram e se estão de acordo com os registros internos da empresa.

Através dela que o empreendedor tem conhecimento se todos os recebimentos previstos ocorreram.

E também se todos os gastos contidos no controle financeiro interno estão condizentes com o extrato do banco, podendo verificar se houveram gastos que não foram registrados na empresa.

Vejamos algumas das importantes informações obtidas através da conciliação bancária:

Saldo do banco

É fundamental saber o valor exato existente na conta bancária. Essa informação é essencial para fazer o fluxo de caixa, e também para evitar que se gaste um dinheiro que não poderia ser gasto.

Inadimplências

No caso de vendas por boleto ou depósito bancário, é fundamental conferir o extrato e verificar se a conta foi paga.

– tarifas bancárias

Se o banco cobrar tarifas diferenciadas do acordado, e não for feito a conciliação bancária, dificilmente você terá conhecimento disso e vai continuar sendo cobrado indevidamente.

taxas de empréstimos

Semelhante ao que pode acontecer com as tarifas bancárias, ao contratar um empréstimo é importante ficar de olho nas taxas cobradas pelo banco. 

Pois se forem cobradas taxas mais altas do que o contratado e você não acompanhar, continuará sendo cobrado indevidamente e os valores podem representar um impacto nas finanças do seu negócio.

A importância de fazer conciliação bancária é simples: Ela contribui para um controle exato das finanças da empresa. Sendo que fazer um controle financeiro eficiente é um requisito básico para que um negócio seja sustentável.

Esse processo é ainda mais essencial em empresas que realizam vendas por cartão de crédito/débito, boleto e depósito bancário.

Como fazer conciliação bancária

Se a conciliação bancária ainda não faz parte da rotina da sua empresa, com certeza após saber a importância dela para os seus negócios, você vai adotar essa prática. 

Não sabe por onde começar? Confira o passo a passo:

  1. Registrar todas as movimentações financeiras da empresa

Esse primeiro passo é (ou deveria ser) uma prática já existente na sua empresa, que é o registro de todas as movimentações financeiras. Se isso ainda não é um hábito na sua empresa, você precisa urgente rever seu controle financeiro!

As movimentações financeiras envolvem todo o dinheiro que entra e que saí do negócio, sendo o salário dos funcionários, despesas, vendas realizadas, etc.

E se na sua empresa é utilizado mais de uma conta bancária, os registros devem ser feitos especificando a conta na qual ocorrerá a movimentação.

Ressaltamos a importância dos registros serem feitos diariamente ou sempre houver alguma entrada ou saída.

  1. Conferir o saldo

Deste passo em diante, efetivamente é feita a conciliação. A frequência que ela será feita deve ser definida conforme o volume de movimentações na empresa, podendo ser diariamente, semanalmente ou até mensalmente.

A primeira informação a ser conferida é se os saldos – inicial e final do banco estão compatíveis com os saldos do controle interno.

  1. Comparar as movimentações do extrato com os registros do controle interno

Aqui devem ser observados todos os detalhes das movimentações. Verificar se o que estava previsto, ocorreu; Se há alguma entrada ou saída no extrato, que não contém no controle interno; Se as datas e valores estão compatíveis.

  1. Averiguar e corrigir as divergências

Se os registros da empresa não estiverem compatíveis com o extrato bancário, é preciso averiguar se a falha é do controle interno ou do banco. 

A partir disso, os registros devem ser corrigidos, ou deve-se entrar em contato com o banco – no caso do erro partir de lá.

Fazendo conciliação bancária de forma simples e rápida

Existem algumas formas de fazer conciliação bancária: Anotando tudo com papel e caneta e imprimindo o extrato do banco para fazer a conferência; Registrando tudo em uma planilha para conferir cada movimentação, uma a uma. 

No entanto, essas possibilidades demandam muito tempo. Mas existe uma opção mais simples, rápida e segura para fazer esse processo, que é utilizando um software de gestão financeira

No Controlle, por exemplo, você consegue registrar todas as entradas e saídas de dinheiro do seu negócio. E se sua empresa utiliza mais de uma conta bancária, você pode cadastrar todas elas e fazer os registros relativos a cada conta.

E para fazer o processo de conciliação é muito simples, nada de ficar gastando horas para conferir as movimentações uma a uma no extrato impresso. 

É só importar o extrato direto do internet banking do seu banco, que o sistema relaciona as informações do banco com os registros que você realizou. Fácil, né?!

Conclusão

Uma boa gestão financeira é composta por várias práticas, que devem ser feitas com consistência para alcançar os resultados desejados para o negócio.

E a conciliação bancária é uma dessas práticas essenciais para ter cada vez controle das finanças da empresa, e consequentemente obter melhores resultados.

Nesse post você aprendeu o que é conciliação, e como pode ser muito simples adotar essa prática na sua empresa utilizando um sistema de gestão financeira.


Deixe seu comentário