Coronavírus: Um guia de gestão financeira em meio à crise

A pandemia Coronavírus trouxe um cenário de incertezas e vulnerabilidade...

Guia de gestão financeira em meio à crise

A pandemia Coronavírus trouxe um cenário de incertezas e vulnerabilidade para os negócios, principalmente para as pequenas e médias empresas.

O isolamento social e a paralisação das atividades, medidas necessárias para a contenção da propagação do vírus, reduziram e alguns casos até cessaram o consumo de produtos e serviços, prejudicando diretamente o faturamento das empresas.

Diante dessa situação, nós do Controlle, queremos te ajudar ainda mais a controlar as finanças do seu negócio.

Sabemos que é um momento de muitas dúvidas, por isso preparamos esse artigo para te dar algumas respostas, e especialmente para ajudar sua empresa a superar essa fase.

Quais principais dificuldades minha empresa pode enfrentar? 

Cada nicho de atuação poderá encontrar dificuldades peculiares da sua àrea, então vamos listar as dificuldades mais prováveis para todos os negócios.

Redução do faturamento

Certamente essa é a maior dificuldade que as empresas já estão enfrentando. 

A paralisação das atividades reduz drasticamente a comercialização dos produtos e serviços. Além disso, a incerteza financeira está fazendo com que muitas pessoas reduzam o consumo, e até mesmo, deixem de pagar suas dívidas. 

Não sabemos quanto tempo vai durar essa situação, então é importante que você esteja preparado para um cenário positivo e um super negativo, e faça seus planejamentos considerando as duas possibilidades.

Inadimplência

Infelizmente as receitas irão diminuir, mas provavelmente os custos fixos ainda serão os mesmos. 

Pode ser que os valores que entrem não sejam o suficiente para arcar com todas as despesas, e se isso acontecer você precisará priorizar o pagamento de algumas despesas, e consequentemente, outras ficarão com o pagamento em atraso.

O que fazer para reduzir os impactos no meu negócio?

Já sabemos quais as principais dificuldades que você pode enfrentar, agora vamos te ajudar a minimizar os impactos delas no seu negócio.

Faça um levantamento das despesas 

O primeiro passo para se preparar financeiramente para a crise, é fazer um levantamento de todos os custos fixos da sua empresa, e calcular quanto você precisa para manter esses custos por pelo menos 3 meses. A partir disso, você poderá se planejar melhor. 

Priorize custos

Considerando que as receitas irão diminuir, mas as despesas continuarão as mesmas, é preciso priorizar o pagamento dos custos essenciais para o funcionamento do seu negócio. Se esforce para manter seus colaboradores, sua empresa precisa deles para funcionar, e nesse momento, eles também precisam muito de seus empregos. 

As demais despesas você pode negociar, solicitar um prazo maior para o pagamento, também pode solicitar o parcelamento de algumas despesas.

Tempos atrás criamos um post com dicas para você cortar custos na sua empresa. Acesse aqui.

Evite gastos desnecessários

Esse é um momento de reduzir os gastos ao máximo, o faturamento dos próximos meses é incerto, e você precisa preservar o caixa atual para custear as despesas essenciais. Se estava planejando fazer algum investimento, seja em campanhas ou em adquirir novos equipamentos: evite. Evite e corte todos os gastos possíveis para sair dessa crise sem muitas dívidas.

Negocie com Instituições Financeiras

Alguns bancos anunciaram que vão oferecer novas condições para o pagamento de dívidas, e também para novos empréstimos. 

Caso você tenha alguma dívida com o banco, é interessante que você negocie, e tente prorrogar o pagamento, sempre visando destinar o caixa para as despesas fundamentais.

Crie ações para manter seus clientes

A crise não chegou apenas para os empreendedores, é uma fase em que a maioria das pessoas irá cortar gastos. Por isso, você deve se engajar para manter os seus clientes. Você pode fazer promoções, negociar mais parcelas. Se for possível, também pode prorrogar prazos para pagamento. 

Tente adequar para que fique confortável para você e para o seu cliente, assim, nenhum dos dois lados sairá com prejuízo.

Adote homeoffice

Não é porque sua empresa está fechada, que ela precisa parar. Talvez o modelo de trabalho homeoffice não seja o ideal para o seu tipo de negócio, mas você pode se adequar a ele para esse momento.

Muitas empresas estão disponibilizando de forma gratuita, ferramentas que podem te ajudar no trabalho remoto. Vamos te dar algumas dicas:

Google Cloud – Videoconferência

Acesso gratuito à categoria avançada das videoconferências do Hangouts Meet para todos os clientes do G Suite e G Suite para Educação até 1º de julho de 2020. É possível realizar reuniões com mais de 250 pessoas e transmissões ao vivo para mais de 100 mil espectadores.

Box – Compartilhamento de arquivos

A Box está oferecendo 3 meses grátis de sua plataforma de compartilhamento de arquivos e colaboração. A oferta é para o plano Business e inclui armazenamento ilimitado, acesso mobile, e relatórios avançados de usuários e segurança.

Microsoft Team – Comunicação e colaboração 

6 meses gratuitos do Microsoft Teams, uma plataforma unificada de comunicação e colaboração. 

Ofereça serviço delivery

Se antes o serviço delivery era popular apenas no ramo alimentício, hoje ele pode ser a salvação para muitos negócios. Se o seu cliente não pode ir até você, vá até ele.

Utilize as redes sociais para divulgar que agora sua empresa oferece esse serviço, entre em contato com seus clientes e se disponibilize para levar produtos para eles. 

Aproveite os incentivos oferecidos pelo Governo

O Governo Federal lançou uma série de medidas econômicas para auxiliar as empresas nesse momento de crise, tais como: linha de crédito emergencial, suspensão do pagamento de tributos, parcelamento do FGTS.

Fizemos um post bem completo sobre todas as medidas voltadas para empresas, acesse lá e veja quais delas você pode utilizar

Utilize a tecnologia a seu favor

Fazer um bom controle financeiro sempre foi muito importante para ter sucesso nos negócios, em momentos de crise, é mais importante ainda.

Utilizar um sistema de gestão que emita relatórios, automatize processos e te ajude a entender muito melhor suas receitas e despesas, pode ser essencial para superar fases como essa.

Baixe nosso guia completo

Sugerimos que você acesse o guia de controle financeiro que preparamos exclusivamente para auxiliar na gestão financeira da sua empresa durante essa fase.

Guia de gestão financeira em meio à crise
Guia de gestão financeira em meio à crise

Esperamos que nossas dicas tenham ajudado, estamos trabalhando muito (de casa) para auxiliar você a enfrentar essa crise.

Como você está lidando com a crise?

Ah, nós também queremos te ouvir. Conta pra gente aqui nos comentários, como você está lidando com essa situação na sua empresa?


Deixe seu comentário