Esqueça esses 6 mitos sobre empreendedorismo imediatamente

Escrito por:

Empreender e construir um negócio só seu tem se tornado o objetivo de muitas pessoas ultimamente. Porém, percebe-se que ainda existe muita desinformação em geral sobre o assunto, contribuindo para a difusão dos mitos sobre empreendedorismo.

 

O fato é que o significado de empreendedorismo é muito maior do que o senso comum acredita. Logo, para quem quer se aventurar nesse universo, é importante tomar suas decisões se baseando nas concepções certas, que realmente expressem qual é a realidade sobre o mundo empresarial.

 

Nesse artigo, vamos explicar alguns mitos sobre empreendedorismo, demonstrando por que eles não são verdadeiros e te ajudando a entender melhor como é, de fato, a vida de um empreendedor. Confira!

 

1. “Empreendedores já nascem sabendo empreender”

Um dos primeiros mitos que surgem sobre o assunto é achar que uma pessoa já nasce empreendedora. Com certeza, algumas pessoas conseguem desenvolver habilidades de criatividade, liderança e senso de oportunidade de forma mais natural, mas isso, por si, só não significa muita coisa.

 

Existe, sim, certo grau de “intuição” nas atividades de um empreendedor, porém, esse intuito decorre principalmente do aprendizado e de sua experiência acumulada. Portanto, as pessoas não “nascem” empreendedores, mas sim aprendem a ser com o tempo.

 

2. “É impossível começar um negócio com pouco dinheiro”

Muitos potenciais empreendedores adiam seus projetos por julgarem não ter dinheiro suficiente para começar. Porém, isso não é uma verdade máxima: muitas vezes é possível começar um negócio com pouco ou quase nenhum capital. Segundo pesquisas, 17% de todos os empreendimentos começam com um investimento inicial de até cinco mil reais.

 

O perigo dessa mentalidade é acreditar que o dinheiro é o fator mais importante para uma empresa dar certo, o que não é verdade. Muitas vezes o excesso de recursos pode ser até prejudicial, pois a empresa perde a oportunidade de inovar e encontrar soluções mais eficientes, fazendo muito com pouco.

 

O maior desafio para empreender é estruturar o modelo de negócios de forma sustentável, não importando o tamanho do faturamento. Além disso, conseguir montar uma equipe competente e comprometida com o projeto é tão ou mais importante do que o capital inicial da empresa. Ou seja, não precisa esperar ter milhares para começar um negócio!

 

3. “Empreendedores possuem mais liberdade e são 100% independentes”

As pessoas pensam que a grande vantagem do empreendedorismo é poder trabalhar como quiser, sem ter um chefe para dar satisfações. No entanto, a realidade não é tão atraente assim. O empreendedor deve estar sempre disponível para seus clientes e fornecedores, não pode tirar férias quando quiser e, mesmo que possua empregados, precisará comandar a empresa diariamente.

 

Ter um negócio próprio é algo que demanda muito da pessoa, que acaba se dedicando muito mais que em uma jornada de trabalho normal de 8 horas. Por causa disso, em vez de ter mais liberdade, o empreendedorismo traz bem mais responsabilidades e obrigações do que em um emprego de carteira assinada.

 

4. “Empreender é coisa para pessoas jovens”

Muitos dos empreendedores de sucesso que aparecem na mídia são jovens de pouca idade, que mal terminaram seus estudos e começaram um negócio com grande potencial. No entanto, isso não significa que é melhor ter pouca idade e começar cedo a empreender.

 

Na verdade, a idade média de empreendedores bem-sucedidos está entre 35 a 40 anos. Além disso, pesquisas mostram que pessoas acima de 55 anos têm duas vezes mais chances de abrir um negócio que dará certo do que as de 35.  Isso porque empreendedores mais velhos, normalmente, possuem mais experiência e uma rede forte de relacionamentos.

 

Logo, a idade não serve como é parâmetro para o sucesso. Existem numerosos casos pessoas empreendendo desde os 18 até 80 anos de idade. Para empreender, a vontade de criar algo diferente vale mais do que um número na carteira de identidade.

 

5. “É preciso correr riscos sempre para dar certo”

Este é um grande mito, que muitas pessoas acreditam. Empreender é sim uma estrada tortuosa que exige jogo de cintura e coragem para enfrentar as incertezas e riscos no caminho. No entanto, isso não significa que o empreendedor precise correr riscos sempre.

 

Ao analisar o mercado, fazer um planejamento adequado e ter conhecimento, o empreendedor não precisa correr riscos desnecessários. Isso também não significa que ele não está aberto para tal situação.

 

Alguns riscos devem fazer parte do dia a dia do empreendedor, sem eles a empresa não sai do lugar e não tem chances de crescer significativamente.

 

6. “É preciso uma ideia genial para dar certo”

Mais uma convicção errada. Claro que ideias inovadoras trazem sucesso aos empreendimentos, mas isso dependerá muito mais de como será a execução e o desenvolvimento do modelo de negócios da empresa do que da inovação em si.

 

Logo, nem todo negócio precisa ser necessariamente inovador. Na verdade empreender pode ser aprimorar algo que já existe, oferecendo um produto ou serviço já conhecido de forma mais eficiente ou com maior qualidade.

 

Muitas vezes quem enxergam oportunidades onde ninguém vê, é quem tem mais chances de prosperar. O que fará a diferença é o empreendedor se planejar, organizar, e estar sempre focado em gerar mais resultados para seus clientes.

 

Esperamos que você esqueça esses mitos sobre empreendedorismo e tenha conhecido as verdadeiras premissas de ter um negócio. Se sua vontade é empreender, não perca tempo! Mas antes, confira nosso post e aprenda Quais são os primeiros passos para abrir uma empresa!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Indicadores de negócio: os tipos de indicadores fundamentais para a sua empresa
Por Controlle
Benefícios do Boleto Bancário para MEI e pequenas empresas
Por Controlle
Customer Success: o que é e por que investir nessa estratégia?
Por Controlle
Missão, Visão e Valores: aprenda a definir as da sua empresa
Por Controlle
Controlle
Controlar as finanças da sua pequena empresa
ou startup, não precisa ser chato.

Conheça o Controlle, um gerenciador financeiro perfeito pra quem não gosta de perder tempo.

Faça como mais de 20 mil pessoas e receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter a gestão da sua empresa em ordem.