Fluxo de Caixa Livre: Entenda como funciona

Fluxo de Caixa Livre

Em geral, para que uma empresa consiga se sustentar no mercado, é necessário avaliar como os processos internos estão funcionando, especialmente os aspectos financeiros!

Entender como a gestão financeira está sendo conduzida no ambiente interno é crucial não somente para reduzir custos, mas também para alocar dinheiro para áreas que efetivamente entregam resultados positivos ao negócio.

Nesse sentido, para entender como anda a situação da sua empresa, o fluxo de caixa livre pode ser o modelo ideal para oferecer informações mais precisas e estratégicas. Quer saber como? Confira o nosso post de hoje e tire todas as suas dúvidas sobre o Fluxo de Caixa Livre!

Afinal, o que é Fluxo de Caixa Livre e qual a sua importância?

Antes de tudo, podemos definir que o Fluxo de Caixa Livre nada mais é do que o saldo de caixa da empresa! Ou seja, é o saldo que estará disponível depois de todos os pagamentos obrigatórios já terem sido efetuados. Assim, entendemos que trata-se de um saldo positivo do caixa.

De forma prática, ele pode ser usado para realizar o pagamento de dividendos aos acionistas, ou até mesmo de dívidas em que a empresa possui interesse em pagar. Sem contar que o fluxo de caixa livre também pode ser utilizado para realizar a medição da capacidade da empresa gerar caixa, ou até mesmo, realizar investimentos no desenvolvimento da corporação.

Como funciona o Fluxo de Caixa Livre?

Para entendermos o funcionamento desse tipo de fluxo de caixa, basta simplesmente entender como funciona o seu cálculo! De forma prática, o empreendedor ou gestor da área só precisa fazer a subtração do Fluxo de Caixa Operacional das despesas dos capitais. Em outras palavras, basta você aplicar a seguinte fórmula:

• Fluxo de Caixa Livre = Fluxo de Caixa Operacional – Despesas de Capital

Entretanto, vale ressaltar que, embora se trate de uma fórmula simples, esse tipo de fluxo de caixa acaba se tornando uma métrica que oferece um cálculo ainda mais complexo, já que é necessário fazer a definição prévia do Fluxo de Caixa Operacional e as Despesas de Capital — onde ambos são obtidos através de uma análise criteriosa a respeito do balanço patrimonial ou até mesmo da demonstração do fluxo de caixa!

Quais são os benefícios do Fluxo de Caixa Livre para a empresa?

De forma geral, um dos grandes benefícios do Fluxo de Caixa Livre está na sua interpretação a longo prazo! Isso porque, no decorrer do tempo, as informações desse tipo de fluxo de caixa irão fazer com que o empreendedor consiga realizar um acompanhamento ainda mais eficiente a respeito de suas finanças, fazendo com que a tomada de decisão seja muito mais eficiente.

Nesse quesito, ter um sistema de gestão financeira pode ser um excelente caminho para um caixa livre cada vez mais orgânico e econômico.

Ou seja, através desse processo, é possível realizar uma projeção ainda melhor à respeito do financeiro do seu negócio, fazendo projeções a longo prazo sobre investimentos e possíveis melhorias que contribuem para o crescimento da empresa! Para que isso seja possível, é necessário que o fluxo de caixa ofereça números positivos, pois caso contrário, significa que a empresa está tendo uma redução financeira!

Gostou deste artigo? Agora que você já sabe como o Fluxo de Caixa Livre contribui para uma gestão financeira mais eficiente, que tal ampliar o seu conhecimento sobre o assunto? Conheça mais dicas exclusivas sobre gestão financeira em nosso blog.


Deixe seu comentário
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade