Inteligência financeira: 5 dicas para micro e pequenas empresas

Antes de mais nada, possuir inteligência financeira é importante para todos. Ainda mais para as micro e pequenas empresas que sonham em crescer no mercado.

Inteligência financeira tem muitos benefícios. Afinal, cuidar da saúde dos investimentos é essencial para se manter em um mercado cada vez mais desafiador e competitivo.

Durante os 3 primeiros trimestres de 2020 o Brasil cresceu 14,8% o número de micro empresas. Em todo o ano passado, foram abertas 1.470.484 novas empresas. Segundo o Sebrae, inteligência financeira é fundamental para permanecer nesse mercado desafiador, cheio de obstáculos e garantir a sobrevivência dos negócios.

O que é inteligência financeira?

O conceito de inteligência financeira abrange todos os cenários favoráveis à proteção, segurança e aumento dos nossos rendimentos.

Ou seja, é por meio de diversas habilidades como conhecimentos sobre finanças, facilidade na tomada de decisões seguras, consciência da realidade e, até mesmo, resistir às tentações do consumo por impulso, que a saúde da sua vida financeira é mantida.

Desse modo, a inteligência financeira aplicada à vida pessoal ou à rotina empresarial, pode trazer muitos benefícios no seu caixa. Isso quer dizer, mais tranquilidade para sua vida.

A inteligência financeira é fundamental para ter sucesso quando o assunto é dinheiro. Por isso, economia aqui é assunto pertinente e crucial!

Como aplicar na prática

Você pode adquirir as habilidades certas para aplicar soluções mais eficientes para sua empresa. Do mesmo modo,  mesmo em um mundo instável, você pode ter mais controle e, consequentemente, mais rentabilidade se tomar decisões baseadas na racionalidade.

Então, para você adquirir inteligência financeira, é preciso ter coragem e assertividade na hora de tomar decisões que envolvem dinheiro. Sabemos que tomar decisões não é nada fácil. Por isso, cultive hábitos que favoreçam as tomadas de decisões mais adequadas à realidade, de acordo com o que deve ser analisado.

Confira abaixo 5 dicas para você usar como guia na aplicação da inteligência financeira em sua micro ou pequenas empresas.

  1. Monitoramento de fluxo de caixa

Tenha todas as entradas e saídas sob controle. Afinal, acompanhar todas as etapas previne surpresas desagradáveis.

  1. Enxugue os gastos

Conheça os gastos do seu negócio de maneira profunda e trabalhe para sua sustentabilidade. Quando as finanças são comprometidas pelo excesso de gastos, a situação pode passar de crítica para irreversível.

  1. Deixe que a tecnologia trabalhe para você

Muitas empresas foram beneficiadas pela transformação digital. Atualmente a tecnologia proporciona diversas ferramentas que não só ajudam a ter controle sobre as finanças, como entender nossos pontos fracos e fortes de mercado.

  1. Tenha acesso a uma boa equipe de especialistas

Ter bons especialistas em finanças por perto é essencial quando você não domina o assunto. Como micro e pequenas empresas estão, normalmente, no início de sua jornada empreendedora, uma pessoa experiente pode ser muito útil.

  1. Defina um orçamento para todo o ano

É muito importante definir um orçamento anual para basear todas as suas ações durante o ano. Assim, com tudo no papel, você se certifica de manter um valor limite para todos os investimentos.

Como resultado, com as contas em dia, a saúde da sua empresa vai logo perceber os benefícios da inteligência financeira.

Tenha controle absoluto do seu negócio de onde você estiver com um software incrível! O Controlle faz o trabalho pesado da gestão financeira por você. Assim você tem tempo de sobra pra se dedicar no crescimento do seu negócio. Conheça aqui!


Deixe seu comentário
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade