Mindset: como ele influencia na gestão da sua empresa

Escrito por:

Você já ouviu falar sobre a importância do mindset para o empreendedor? Quem sabe, no momento achou aquilo vago e nem mesmo enxergou aplicação prática no seu negócio. Afinal, tinha assuntos mais urgentes com que se preocupar.

 

Por outro lado, com certeza já teve aquela sensação de que algo não está indo bem na sua empresa. Ninguém está totalmente satisfeito 100% do tempo.

 

Pode até ser que não se trata de um problema específico, mas sim da forma como tudo está progredindo. Entre as razões, pode haver dificuldade de organização, falta de tempo para cuidar da saúde, etc.

 

Quem nunca se sentiu engolido pelo dia a dia, sem dar atenção para coisas que realmente importam na vida? Gostaria de ter mais tempo com a família? Gostaria de mais tranquilidade em sua gestão financeira? Gostaria de alavancar seu negócio para outro nível?

 

Para tudo isso, precisa reestruturar seu mindset e influenciar todos no seu entorno a fazer o mesmo.

O que a empresa e os colaboradores têm a ganhar?

 

Se tiver que resumir em uma frase o que qualquer profissional deseja, qual seria o gancho? Crescimento? Qualidade de vida? Reconhecimento?

 

Cada pessoa é única, por isso as prioridades são diferentes. Mas existe algo em comum: todos querem desenvolver seu potencial.

 

O conceito de mindset está relacionado à configuração mental. Imagine como se fosse o mapa que você tem do mundo. Isso afeta diretamente como cada pessoa reage diante de certos eventos.

 

Aperfeiçoar o mindset é a resposta comprovada para ganhar produtividade, dedicar mais tempo à família, lidar melhor com a vida financeira e se cuidar, não só da saúde, mas até da aparência, enfim, valorizar a auto estima.

 

Os gestores nascem prontos?

 

Um dos questionamentos presentes no livro: ”Mindset – A nova psicologia do sucesso”, da psicóloga americana Carol S. Dweck, é justamente esse. Ela faz distinção entre dois padrões de mindset: o fixo e o de crescimento.

 

Diversas razões podem levar alguém a ocupar uma posição de liderança. Alguns acreditam que seja necessário aquele “empurrãozinho”, ou até que determinadas pessoas nascem com habilidades especiais para o sucesso.

 

Acreditar em mitos como esses leva muitos a conter suas aspirações, preferindo a segurança e manter estabilidade na vida. É o padrão do mindset fixo.

 

Por outro lado, outros desenvolvem a consciência de que muitas coisas acontecem em razão das circunstâncias, e não por estarem “predestinadas” a isso.

 

Desta maneira, conseguem focar no seu principal objetivo e desenvolver as habilidades que ainda não possuem. Sabem que o aprendizado é um processo onde pode haver erros e fracassos, mas não se abalam com as dificuldades.

 

Ao invés de contornar os desafios, buscam aprender com eles. Assim é o mindset do crescimento.

 

Porque é tão difícil mudar?

 

Quem não gostaria de viver com plenitude e, ao final de cada dia, ter a sensação de que fez o melhor? Estar cada vez mais próximo dos objetivos é algo possível a todos, mas requer esforço.

 

Entender o funcionamento do cérebro é fundamental pois sabia que ele representa apenas 2% da massa corporal e consome mais de 25% da energia?

 

Por isso é comum que mesmo não tendo realizado nenhum esforço físico intenso, muitas pessoas se sintam cansadas ao fim do dia.

 

E o cérebro é tão perfeito, que fica o tempo inteiro buscando poupar energia. Por isso, tende a operar em níveis básicos de atividade, replicando padrões.

 

Assim, necessário para fazer uma atividade física é muito maior para quem não tem esse costume. Da mesma forma em que se torna difícil abandonar um vício ou qualquer atividade prazerosa que não faça bem.

 

Afinal, de que forma é possível desenvolver seu mindset?

 

Reunimos dicas de especialistas que podem ser adotadas imediatamente e promover transformações no seu dia a dia. O primeiro passo é entender que tudo se processa dentro da sua mente.

 

Isso significa que as atitudes dependem das suas experiências e sentimentos. É a percepção de cada um que guia suas decisões e visão de mundo.

 

Nesse contexto, adotar um mindset de crescimento é entender que os fracassos não são pessoais, acontecem em razão das circunstâncias. Ao invés de desistir do objetivo, se preparar melhor e persistir até o sucesso.

 

Quem adota o mindset do crescimento recebe tudo com  certa serenidade de que pode aprender com aquilo e viver melhor.

 

Entenda suas limitações e divida os grandes objetivos em tarefas menores e realizáveis. Comemore cada conquista para mostrar a sua mente que está evoluindo e sentir prazer nisso. Siga três passos:

 

→ Tenha foco;

→ Acredite;

→ Seja resiliente.

 

O poder do foco

 

Vivemos um momento no qual a atenção das pessoas está sendo disputada o tempo inteiro. Especialmente profissionais que trabalham conectados e vivem recebendo notificações e mensagens.

 

E a perda do foco é um dos grandes motivos para o fracasso das empresas e das pessoas.

 

E a maior dificuldade em escolher uma única coisa é abrir mão de todo o resto. Concentrar sua atenção e esquecer o restante da lista significa não gastar energia com o que não pode ser resolvido naquele momento.

 

Acredite até conseguir

 

Quando você se permite acreditar que algo pode não dar certo. seu cérebro começa a poupar energia e você não se dedica 100% naquilo. É a profecia autorrealizável, ou seja, serão maiores as chances de falhar.

 

Outro gesto importante é saber comemorar as pequenas vitórias. Se você planejou fazer 10 coisas e conseguiu 3 ou 4, se martirizar por aquilo fará com que desenvolva uma resistência no inconsciente pelo medo de fracassar de novo.

 

Inspiração + transpiração

 

A regra de Pareto nos ajuda a compreender que 80% dos nossos resultados são provenientes de 20% dos esforços.

 

E depois que você adquirir clareza do seu papel na organização e concentrar seu foco naquilo que faz de melhor, pode direcionar o máximo de energia para aquilo.

 

Além do esforço pessoal, você também deve ser capaz de delegar responsabilidades.

 

Mindset é plenitude

 

Aplicando os conselhos deste artigo, você conseguirá mais resultados com menor esforço. Um provérbio chinês ajuda a ilustrar isso:

 

“Se você tem pouco tempo para derrubar uma árvore, use parte dele para afiar o machado”.

 

Obviamente, em tempos de responsabilidade ambiental, não estamos sugerindo a ninguém derrubar uma árvore. Aliás, pelo contrário, para a preservação dos recursos naturais, recomendamos a utilização de ferramentas online que reduzem a necessidade de papel.

 

Gostou do artigo? Então que tal compartilhar em suas redes sociais para que seus amigos também tenham a oportunidade de repensar o mindset? Com certeza, seu gesto será visto como uma atitude generosa.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

15 Ferramentas que toda empresa precisa conhecer para melhorar sua produtividade
Por Controlle
5 tendências na gestão de empresas para 2017
Por Controlle
Por que ter uma base de clientes é tão importante para os negócios?
Por Controlle
Você sabe qual o melhor banco pra abrir uma conta empresarial?
Por Controlle
Controlle
Controlar as finanças da sua pequena empresa
ou startup, não precisa ser chato.

Conheça o Controlle, um gerenciador financeiro perfeito pra quem não gosta de perder tempo.

Faça como mais de 20 mil pessoas e receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter a gestão da sua empresa em ordem.