O que é vantagem competitiva? Confira 3 estratégias de Porter!

Vantagem competitiva

Fazer com que seu produto ou serviço seja visto de maneira única é uma parte importante do sucesso. Para tanto, é válido gerar vantagem competitiva com a ajuda das estratégias de Porter. Nesse caso, a ideia não é apenas achar um diferencial.

A estratégia de Porter também envolve escolher o tipo de característica de destaque que será adotada. Assim, há como definir mais claramente o posicionamento do produto ou serviço e aproveitar as vantagens desse ponto de destaque.

Quer saber como encontrar e determinar a vantagem competitiva do seu negócio? Descubra quais são 3 estratégias de Porter!

O que é vantagem competitiva?

A vantagem competitiva representa qualquer atributo ou diferencial de um produto ou serviço em relação a seus concorrentes. Essa vantagem é um elemento que faz com que a empresa se destaque à frente das outras que estão disponíveis no mercado.

A vantagem competitiva também indica o que só o seu negócio é capaz de fazer para atender aos interesses do público. Logo, é preciso passar por um processo de definição desse ponto. Depois, será possível comunicá-lo ao público, adotando-o como parte da sua estratégia de divulgação.

Por que elaborar uma estratégia competitiva?

Além de conhecer o conceito de vantagem competitiva, você deve saber suas vantagens. Em primeiro lugar, ela pode otimizar os resultados de pequenos e médios negócios. Afinal, buscar diferenciação aumenta o destaque do seu empreendimento, produto ou serviço.

Essa é uma forma de chamar a atenção do consumidor em relação aos concorrentes. Como consequência, há mais chances de capturar o interesse do público e, assim, de convertê-lo em vendas para aumentar o faturamento.

Além disso, produtos e serviços com diferenciais competitivos tendem a gerar mais lucros. A venda deles pode ser mais fácil pelo reconhecimento ou destaque de mercado e ser mais lucrativa devido ao valor agregado.

Portanto, as estratégias voltadas para a competitividade ajudam o crescimento e a consolidação das empresas. Ao usá-las, você pode situar seu negócio de forma única, superar desafios e melhorar o desempenho.

Quais são as 3 estratégias de Porter? 

Sabendo da necessidade de ter uma vantagem competitiva, é possível recorrer às chamadas Forças de Porter para buscar esse diferencial. Essa é uma teoria criada por Michael Porter, um professor formado em engenharia mecânica.

Por volta da década de 1980, ele desenvolveu um modelo que aponta as 5 principais forças que podem ameaçar o desempenho de um negócio. São elas:

  • rivalidade entre os concorrentes;
  • poder de negociação dos fornecedores;
  • poder de negociação dos clientes;
  • ameaça de entrada de competidores no nicho de mercado;
  • ameaça de produtos substitutos.

Para vencer essas ameaças, é válido conhecer a teoria da vantagem competitiva. Por meio dela, é possível definir os meios necessários para destacar seu negócio no mercado.

Por isso, veja em 3 pontos como a teoria Porter pode ajudá-lo a estabelecer estratégias de diferenciação:

1. Custo total

Uma das possibilidades para alcançar vantagem competitiva é a diferenciação em relação ao preço baixo. Nesse caso, o objetivo da empresa é se destacar por oferecer um preço mais atraente que seus concorrentes — mas não se deve abrir mão da qualidade.

Para isso ser viável, é preciso alcançar a máxima eficiência operacional. Ademais, essa costuma ser uma estratégia mais adequada a produtos que podem ser padronizados e criados em escala. Afinal, essa é uma configuração que ajuda a reduzir os custos gerais.

2. Diferenciação

Outra entre as possíveis estratégias competitivas de Porter é a diversificação. Por meio dessa abordagem, o foco está em disponibilizar no mercado produtos ou serviços que sejam inovadores, exclusivos ou únicos.

Um exemplo envolve as marcas de alto e altíssimo padrão. Nesse sentido, considere uma empresa de moda de luxo. Ela gera diferenciação por oferecer peças exclusivas para quem compra. Assim, é possível ganhar destaque em relação à concorrência. 

Além disso, a estratégia de diferenciação inclui a atenção sobre a experiência do cliente e a construção de marca. Então a empresa se destaca porque apresenta um processo único e que é capaz de encantar os clientes.

3. Foco

Ainda, existe a vantagem competitiva de Porter por meio do foco. Nesse caso, a intenção não é oferecer o produto mais barato ou mais exclusivo e, sim, o mais segmentado para cada público.

Ao utilizar essa força, a empresa volta suas atenções para determinado nicho de mercado. Em muitas situações, ela consegue alcançar um público que não é plenamente atingido pelos concorrentes, por exemplo.

Esse tipo de diferenciação pelo enfoque também pode se dividir em custo ou diferenciação. Logo, é possível que o objetivo seja oferecer um serviço ou produto de nicho que seja único ou que tenha o melhor preço entre os concorrentes.

Como identificar a vantagem competitiva do seu negócio?

Como você viu com as forças de Porter, existem diversas maneiras de alcançar a vantagem competitiva no mercado. Antes de adotar qualquer uma das estratégias para empresas, entretanto, é importante fazer uma análise ampla para descobrir o que realmente destaca o seu negócio.

No caso, pode ser interessante começar por um mapeamento e uma análise de processos. O objetivo é compreender quais são as etapas produtivas até que ocorra a apresentação do produto final para o cliente.

Nesse momento, é relevante encontrar os pontos fortes da empresa. Logo, busque entender no que o negócio realmente se destaca e como isso pode ser trabalhado e desenvolvido, na forma de uma característica verdadeiramente única.

Ainda, é essencial fazer uma análise da concorrência. Por meio da comparação e da identificação dos pontos-chave das ofertas dos competidores, é possível compreender como a empresa se posiciona. Em geral, esse é um exercício que ajuda a achar os elementos de destaque.

Para saber como obter destaque no mercado, lembre-se também de se basear nas forças de Porter sobre a vantagem competitiva. Se a ideia for se diferenciar pelo preço, por exemplo, é necessário garantir a eficiência operacional.

Além disso, é preciso fortalecer junto ao público o diferencial escolhido. Portanto, vale a pena elaborar um planejamento estratégico — tanto para consolidar quanto para divulgar as características únicas do produto ou serviço da sua empresa.

Como você acompanhou, essas 3 estratégias de Porter ajudam a encontrar e determinar qual é a vantagem competitiva do seu negócio. A partir dessa definição, é possível aumentar as chances de vendas e, assim, melhorar os resultados do empreendimento.

Gostou deste artigo? Aproveite para conhecer o Controlle e descubra como fazer a gestão financeira empresarial de maneira simples!

Sistema de controle financeiro

Deixe seu comentário
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade