O que evitar na hora de pedir empréstimo empresarial?

Escrito por:

Pode parecer mentira, mas o empréstimo empresarial não é o vilão das empresas! Grande parte dos gestores acreditam que contrair dívidas pode causar um desastre nas finanças organizacionais. Mas, na maioria das vezes, os empréstimos são aliados, e podem ser cruciais para o crescimento da empresa. Porém, é importante ter cautela! Um dos erros mais cometidos pelos empreendedores é o de não verificar a situação econômica da organização antes de pedir o empréstimo.

 

O planejamento deve ser um aliado do financiamento: eles devem caminhar juntos. É importante que a empresa pense a longo prazo, pois será necessário fazer com que o empréstimo empresarial traga um retorno capaz de quitar a dívida — somada aos juros cobrados — e ainda dê lucros para a organização.

 

É preciso que os gestores conheçam os cinco critérios de risco com relação ao empréstimo: caráter, crédito, caixa, colaterais e capacidade. Esses critérios estão relacionados às características quantitativas e qualitativas dos empreendimentos. O caráter diz respeito à reputação empresarial; o crédito é o histórico de crédito da organização no mercado de trabalho; o caixa mede qual o potencial que a empresa possui para gerar fluxo de caixa; os colaterais são as garantias formais; e a capacidade está relacionada à sensibilidade do empreendimento em face das flutuações do mercado.
Por isso, é importante uma gestão empresarial de qualidade. Através dela será possível estabelecer um bom relacionamento com o banco, e, assim, conseguir empréstimo não será uma tarefa difícil. Quanto melhor a qualidade da gestão, menores serão os riscos de se contrair uma dívida.
Vale lembrar que estabelecer um processo antes de pedir o empréstimo é essencial. Não pense somente no pós-dívida, porque se preparar para receber o dinheiro e ter uma estrutura organizada para não se perder é essencial. Pensando em tudo isso, elaboramos nosso post sobre o que evitar na hora de pedir um empréstimo para sua empresa. Veja abaixo algumas dicas que você deve saber antes de pedir um empréstimo!

 

Pense qual é o motivo para que você peça um empréstimo empresarial

É indispensável esse tipo de questionamento. Muitas vezes os gestores não analisam a situação empresarial a fundo, e já decidem pelo empréstimo — sendo que, às vezes, ele poderá nem ser a melhor opção! Primeiro, é preciso verificar quais são os indicadores financeiros do empreendimento e colocá-los em ordem. Ter uma organização consolidada e estruturada faz com que as chances do empréstimo ser benéfico para ela só aumentem!

Descubra que opções de empréstimo empresarial estão disponíveis no mercado

Fazer a expansão da empresa envolve a compra de novo maquinário e mais produtos, além da contratação de mão de obra qualificada. Isso fará com que a empresa precise de um grande capital, o que pode resultar no empréstimo empresarial. Porém, é importante pesquisar quais são as opções disponíveis. Atualmente existem diversos tipos de empréstimos de acordo com a necessidade de cada organização. Visitar os bancos e fazer contrapropostas pode ser uma ótima estratégia para que o empréstimo se torne um aliado das finanças da sua empresa.

Saiba que prazo sua empresa tem para quitar a dívida

Esse ponto pode ser um dos mais importantes para que o empréstimo empresarial traga lucros. É preciso saber que prazo sua empresa terá para quitar a dívida, qual parte do capital da empresa estará comprometido, e, além disso, também é importante saber se o prazo de pagamento não irá afetar suas transações econômicas. Fazer uma previsão a longo prazo do retorno que a organização irá ter é um método que poderá auxiliar os gestores a verificarem se o investimento realizado trará o retorno esperado.

Saiba quais os principais erros cometidos no momento de pedir o empréstimo

Um outro ponto importante que os gestores da empresa devem estar atentos no momento de pedir o empréstimo é sobre os possíveis erros que podem ser cometidos. Esses erros devem ser evitados ao máximo, porque eles podem causar o fracasso do empreendimento. Confira a seguir alguns dos principais erros cometidos no momento de pedir um empréstimo empresarial:

Não conhecer a realidade econômica da empresa detalhadamente

Como já dissemos, antes de pedir um empréstimo empresarial é preciso conhecer a fundo todas as finanças da organização, além de ter um planejamento econômico sobre as transações futuras. Ao buscar por um empréstimo, os gestores precisam saber qual será melhor para o empreendimento, além de precisarem estar preparados para negociações. Nada disso será possível sem o conhecimento detalhado da situação econômica da empresa! Ter uma boa organização financeira é essencial para que a gestão esteja preparada e tenha informações suficientes para buscar as melhores condições para a empresa.

Não pensar duas vezes antes de tomar a decisão de pedir o empréstimo empresarial

Fazer um empréstimo empresarial pode ser benéfico para sua organização e essencial no crescimento da mesma. Mas isso não quer dizer que você deverá ir correndo ao banco e contrair uma dívida. É preciso analisar com calma as finanças da empresa e verificar se será possível quitar a dívida no prazo estabelecido. Caso contrário, o empréstimo poderá se tornar uma bola de neve. Caso não esteja totalmente seguro sobre pedir o empréstimo, busque outras formas de obter capital sem que a organização se sufoque em dívidas.

Não fazer simulações

Atualmente em grande parte dos sites de bancos é possível fazer simulações de empréstimos. Por isso, não deixe de utilizar essas ferramentas! Elas são essenciais para fazer um bom planejamento! Na grande maioria das vezes elas são gratuitas e poderão salvar sua organização de um empréstimo empresarial malsucedido. Além disso, com a simulação, é possível saber em quanto tempo a dívida será quitada e como isso irá influenciar na situação econômica da empresa.

Agora conte pra gente se você já realizou um empréstimo empresarial! Deixe seu comentário no nosso post para deixar sua opinião sobre o assunto!

 

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Emita seus Boletos de cobrança com o Controlle
Por LARISSA
O que é Centro de Custo e quais as vantagens de usá-lo em sua empresa
Por Controlle
Como calcular o lucro da sua micro ou pequena empresa
Por Controlle
Orçamento empresarial: a diferença entre despesa, gasto e custo
Por Controlle
Controlle
Controlar as finanças da sua pequena empresa
ou startup, não precisa ser chato.

Conheça o Controlle, um gerenciador financeiro perfeito pra quem não gosta de perder tempo.

Faça como mais de 20 mil pessoas e receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter a gestão da sua empresa em ordem.