Por que definir metas na empresa é importante para o controle de despesas?

A definição de metas é essencial para todo empreendedor. Isso ocorre porque ela se refere ao estabelecimento de objetivos que podem ajudar uma empresa a crescer, lucrar mais, se destacar da concorrência e até fazer um melhor controle de despesas.

Porém, muitos empreendedores não sabem como definir metas de forma adequada para seus negócios ou não entendem qual a real importância de fazer isso. Como consequência, a ausência de objetivos pode afetar os resultados e a saúde financeira da organização.

Se você quer compreender o que são metas empresariais, qual a importância delas e como elas podem contribuir para o controle de despesas do seu empreendimento, continue a leitura!

O que são metas empresariais?

As metas empresariais consistem em objetivos definidos para um negócio, segundo os resultados de interesse. Alguns exemplos comuns de metas nas empresas são:

  • aumentar o número de clientes;
  • aumentar o faturamento;
  • reduzir custos;
  • aumentar o número de clientes fidelizados;
  • crescer sem perder a qualidade.

A partir da definição dessas e de outras metas, a organização pode traçar planos para atingi-las. Além disso, o ideal é que todos os envolvidos — líderes, gestores e funcionários — saibam onde a empresa almeja chegar e o que é preciso fazer para conquistar cada objetivo.

Ao adotar essa postura, as equipes e os colaboradores ficarão mais alinhados, engajados e focados, de modo a dedicar esforços em prol de uma determinada meta.

Quais os principais tipos de metas a serem estabelecidas em uma empresa?

Existem diversos tipos de metas que podem ser estabelecidas em uma empresa. Por exemplo, é possível definir metas relacionadas a temas como:

  • crescimento;
  • faturamento;
  • investimentos;
  • produtividade;
  • vendas.

Note que cada meta pode se relacionar com um mais mais setores do negócio. Na prática, se elas forem bem planejadas, estruturadas e trabalhadas, podem gerar bons resultados para a sua empresa.

Por que é importante definir metas na empresa para o controle de despesas?

Agora que você entende o que são as metas empresariais, vale conferir como elas se relacionam à parte financeira do negócio. O fato é que todo empreendimento apresenta diversos custos e despesas, tanto fixas quanto variáveis.

Por conta disso, é fundamental ter uma boa organização financeira para evitar dívidas, atrasos de salário, entre outros problemas relacionados a dinheiro. Por outro lado, quando não há metas definidas em sua organização, o controle de despesas pode ser afetado.

Isso ocorre porque, sem objetivos estabelecidos, não é possível garantir que o orçamento empresarial cubra todos os investimentos necessários para alcançá-los. Assim, você corre o risco de buscar determinados resultados sem ter recursos suficientes. 

Pense, por exemplo, que você deseja diminuir a conta de luz da empresa. Para isso, decide trocar os equipamentos que mais consomem energia por outros mais inteligentes e econômicos. Porém, sem metas empresariais alinhadas com os objetivos, há o risco de você gastar mais do que pode.

Na prática, o equilíbrio financeiro do empreendimento depende de as despesas não serem maiores que as receitas. Por isso, é essencial estabelecer metas, ações e planos para haver um superávit na empresa — e não um déficit.

Por conta dessa relação, o sucesso de um negócio e a sua saúde financeira da empresa estão diretamente ligados com as metas ao longo do tempo.

Como definir as metas mais adequadas para o seu negócio?

Até o momento, você conferiu o que são metas empresariais, quais os seus principais tipos e como elas podem ajudar no controle de despesas da sua empresa. Agora é o momento de saber como defini-las e por onde começar esse processo. 

Veja dicas para ter sucesso nessa tarefa!

Faça uma análise da situação atual da sua empresa

Avaliar a situação do seu negócio deve ser o seu ponto de partida. Dessa forma, você poderá identificar quais questões exigem mais atenção. Então é preciso pensar como está a situação da sua empresa, se os resultados estão dentro do esperado e se há muitas dívidas ou gargalos, por exemplo.

É a partir disso que a empresa entenderá quais são os pontos que devem ser trabalhados para buscar melhorias e fazer o negócio crescer. Assim, antes de pensar apenas em reduzir um percentual dos custos de maneira genérica, vale analisar processos para identificar gargalos, desperdícios etc. 

Defina metas de curto, médio e longo prazo

Pensar grande é válido, porém evite criar metas que só podem ser realizadas no longo prazo. Pequenas vitórias também são importantes e ajudam na motivação. Por isso, não deixe de definir metas de curto e médio prazo.

Você pode começar com objetivos mais simples e depois partir para realizações mais desafiadoras. Além disso, é possível se planejar para solucionar questões mais urgentes no controle das despesas, ajudando a liberar recursos para conquistar metas maiores. 

Estabeleça metas reais

Um erro que muitos empreendedores cometem ao fazer a gestão de seus negócios é estabelecer metas impossíveis de alcançar. Isso acaba gerando frustrações, conflitos, situações de estresse, falta de motivação e outros problemas.

Portanto, ao definir objetivos para a sua empresa, estabeleça resultados reais e que, de fato, sejam viáveis considerando o cenário empresarial e o prazo definido. 

Defina os indicadores para avaliar

Para avaliar se o plano de ação para realizar as metas estão no caminho certo, é necessário recorrer a dados, métricas e números. Sendo assim, para mensurar o desempenho e os resultados das suas ações e estratégias, é fundamental definir quais indicadores serão avaliados. 

Por exemplo, se você for estabelecer metas financeiras para a sua empresa, é importante analisar dados como:

  • custos fixos e variáveis;
  • fluxo de caixa;
  • margem bruta;
  • margem líquida;
  • ponto de equilíbrio;
  • entre outros indicadores.

Conte com ajuda da tecnologia

Para estabelecer esses tipos de metas e seus indicadores, é essencial contar com um bom software de gestão financeira, como o Controlle. Com esse recurso, você poderá acompanhar de perto as finanças do negócio e obter projeções que ajudam a estabelecer as metas adequadamente.

O software também permitirá acompanhar os indicadores definidos. Assim, será mais fácil verificar o que tem funcionado melhor no controle de despesas e na gestão financeira, por exemplo, visando otimizar os resultados. 

Como você viu, definir metas para sua empresa é uma ação essencial e contribui para o controle de despesas. Sendo assim, se você ainda não tem metas estabelecidas para o seu negócio, busque criá-las com base nas dicas e informações apresentadas ao longo deste artigo.Para continuar os seus estudos, confira este outro post sobre como reduzir e cortar as despesas administrativas da sua empresa!

Sistema de controle financeiro

Deixe seu comentário
Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade