Qual o cartão de crédito empresarial ideal para pequenos empreendedores?

Escrito por:

Quando utilizado de maneira correta, o cartão de crédito é uma ferramenta de grande utilidade, inclusive para pequenos empreendedores. Afinal, com ele é possível fazer o pagamento de despesas da empresa, mantendo um absoluto controle sobre tudo o que foi pago, uma vez que a fatura mensal traz um demonstrativo detalhado dos pagamentos.

 

Confira, neste post, as vantagens de contratar um cartão de crédito empresarial e o que deve ser considerado na hora de fazer a escolha.

 

Cartão de crédito empresarial é meio de pagamento

 

O primeiro entendimento que o empreendedor deve ter é de que o cartão de crédito deve ser utilizado como um instrumento para pagar despesas e não como uma forma de acesso ao crédito propriamente dito. Afinal, os juros cobrados pelos cartões de crédito são extremamente altos e superam em muito outras linhas de financiamento.

 

Portanto, a menos que o parcelamento seja concedido pelo fornecedor, preferencialmente sem cobrança de juros ou com juros aceitáveis, o pagamento da fatura do cartão deve ser feito na totalidade. Recorrer ao chamado crédito rotativo é uma péssima estratégia.

 

Vantagens do cartão de crédito empresarial

 

Cumprida essa premissa, o cartão de crédito empresarial pode fornecer uma série de vantagens. A começar pela centralização das despesas, que podem ser conferidas de maneira extremamente fácil, na própria fatura.

 

Como a fatura traz o detalhamento do que foi gasto ao longo de um mês, informando o valor, o local e a data em que ela foi efetuada, o empresário tem como conferir de forma muito simples como o dinheiro da empresa foi gasto naquele período. Essa facilidade ajuda, inclusive, no planejamento financeiro que o empreendedor deve fazer para o próprio negócio.

 

Esse benefício pode ser estendido ao controle das despesas dos funcionários aos quais forem concedidos cartões adicionais. Com esse recurso, fica muito fácil saber como eles estão direcionando os gastos, inclusive em viagens.

 

Aliás, em viagens o cartão empresarial oferece uma vantagem que merece destaque. Primeiro, porque é possível viajar com pouco dinheiro no bolso e despesas com hotéis, transporte e alimentação podem ser custeadas de maneira muito prática. Ainda cabe considerar que a prestação de contas da viagem ocorre de maneira quase automática, logo que a fatura chega.

 

O que considerar na escolha

 

Contudo, para que essas vantagens sejam de fato compensadoras, é importante que o cartão cumpra alguns pré-requisitos e que venha acompanhado de vantagens adicionais, que tornarão o recurso ainda mais benéfico para a empresa.

 

Anuidades

 

As anuidades e as taxas cobradas pelas administradoras de cartão de crédito são bastante variáveis. Além disso, nada impede que o valor apresentado pela instituição de crédito receba um desconto considerável ou seja até zerado.

 

Tudo vai depender de uma negociação direta com o banco ou com a administradora e também do relacionamento que o empresário mantém com a instituição. De qualquer forma, é preciso fazer um comparativo entre as anuidades cobradas e partir para a negociação.

 

Nesta avaliação, também devem ser considerados outros benefícios adicionais que o cartão possa oferecer.

 

Acúmulo de milhas

 

Cartões como o American Express e os dos bancos Santander, Itaú e do Banco do Brasil, entre outros, mantêm planos de milhagem que pontuam a cada vez que o cartão é utilizado. Os pontos se acumulam durante um determinado período e podem ser trocados por produtos e serviços, como passagens aéreas, aparelhos eletroeletrônicos, estadias em hotéis, entre outros.

 

Geralmente, a validade dos pontos é limitada, o que significa que as trocas devem ser feitas dentro de um determinado período, que varia entre 12 e 36 meses. Contudo, o American Express, por exemplo, mantém a validade da pontuação por tempo ilimitado.

 

O que vale ser observado nesse ponto é que quanto menor for o período de validade dos pontos, menor também será a possibilidade de acumular um saldo razoável durante o período. Por isso, essa informação é importante.

 

De qualquer forma, a empresa que concentra as próprias despesas em um cartão de crédito consegue converter parte do que gasta em benefícios.

 

Limites

 

Todavia, para que os gastos de uma empresa possam ser concentrados em um único cartão de crédito, é necessário que ele tenha limite compatível com as necessidades do empreendimento. Portanto, esse aspecto também precisa ser consultado e, se necessário, deve ser objeto de negociação.

 

Nesse ponto é importante fazer uma ressalva. Lembrando que o cartão de crédito deve ser usado como meio de pagamento e não como forma de financiamento, o limite do cartão de crédito empresarial deve ser adequado ao faturamento da empresa e à capacidade que ela tem para pagar as despesas.

 

Esse detalhe é de suma importância, uma vez que um cartão de crédito com limite muito elevado e que esteja acima da capacidade de pagamento da empresa, caso seja utilizado de maneira equivocada, pode levar a dívidas com capacidade de comprometer a saúde financeira do negócio.

 

Cartão de crédito internacional

 

A contratação de um cartão de crédito que possa ser utilizado internacionalmente não é vantajosa apenas para quem faz viagens ao exterior. Afinal, mesmo um pequeno empreendedor, que não tem o hábito ou a necessidade de viajar para outros países, pode usufruir desse benefício.

 

É preciso considerar que aquisições de máquinas, equipamentos ou insumos no mercado externo podem trazer vantagens de qualidade e de preços que podem ser favoráveis à competitividade do negócio. Com um cartão de crédito de validade internacional essa aquisição fica muito mais fácil de ser feita.

 

Porém, é preciso saber que a cobrança da fatura pelas aquisições internacionais será feita em dólares, com conversão na data de fechamento da fatura, e não da compra. Por isso, pode haver variação entre o valor da compra e o valor efetivamente pago por ela.

 

Atendimento

 

A qualidade de atendimento das administradoras de cartão de crédito também deve ser avaliada. Talvez esse não seja um aspecto muito relevante enquanto tudo vai bem. Porém, passa a ser um diferencial significativo quando é necessário acionar a administradora para resolver algum problema.

 

Por exemplo, no caso de perda ou de roubo do cartão é fundamental que o cancelamento e a reposição sejam possíveis de maneira prática e rápida.

 

Mais vantagens agregadas

 

A contratação de um cartão de crédito empresarial representa a ampliação dos laços da empresa com a instituição que fornece o serviço. Portanto, é preciso verificar também em que medida essa ampliação traz outros benefícios para o relacionamento com o banco ou com a administradora.

 

Por exemplo, um cartão de crédito contratado junto a um banco pode criar o ensejo para a negociação de uma cesta de serviços bancários que tenha valor mais baixo, sem a retirada de benefícios. Mais uma vez, vale dizer que esses não são aspectos previstos nos contratos do cartão de crédito e precisam ser negociados diretamente com as instituições.

 

Se você ainda tem dúvidas sobre a contratação de cartão de crédito empresarial ou se deseja dar a sua opinião sobre o assunto, deixe abaixo o seu comentário. Será um prazer ajudá-lo!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

4 dicas valiosas para evitar o endividamento da empresa
Por Controlle
5 tendências na gestão de empresas para 2017
Por Controlle
10 Dicas de fluxo de caixa para alavancar o lucro de pequenas empresas
Por Controlle
Você sabe qual o melhor banco pra abrir uma conta empresarial?
Por Controlle
Controlle
Controlar as finanças da sua pequena empresa
ou startup, não precisa ser chato.

Conheça o Controlle, um gerenciador financeiro perfeito pra quem não gosta de perder tempo.

Faça como mais de 20 mil pessoas e receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter a gestão da sua empresa em ordem.