Você é chefe ou líder?

Na maioria das vezes, os conceitos de chefe e de...

Na maioria das vezes, os conceitos de chefe e de líder são usados como sinônimos, ainda que tenham características extremamente distintas. Além disso, para ser um bom chefe ou líder, é necessário mais do que simplesmente exercer sua autoridade e garantir a manutenção da hierarquia dentro da empresa.

Bons líderes de equipe são aqueles que efetivamente desafiam e motivam seus empregados a atingirem novos patamares de produtividade, de qualidade e de desempenho. Mas quais as características necessárias para ser um bom líder? E qual a diferença entre o líder e o chefe? Saiba as respostas para essas e outras perguntas a seguir:

Chefe x líder: entenda essa distinção

Chefe é a pessoa que exerce um cargo de autoridade em relação a seus inferiores no contexto de uma empresa, buscando maiores rendimentos e produtividade. O líder, por outro lado, é aquele que “veste a camisa” de sua equipe e do local de trabalho, com uma parcela de talento natural, mas também muito esforço e trabalho. Claro que o líder também procura aumentar os rendimentos e a produtividade de seus empregados, mas isso não significa que ele se isola dessa equipe, apenas delegando ordens.

O líder busca aprendizado constante e supervisiona o trabalho de sua equipe de forma solidária, com visão geral sobre as efetivas necessidades de seus empregados. Além disso, o líder exerce seu cargo com o objetivo de direcionar a empresa para atingir sua missão, bem como trabalha no sentido de concretizá-la.

Qual o perfil mais indicado para micro e pequenas empresas?

Normalmente, encontramos a figura do chefe em empresas grandes demais para permitir o envolvimento desse profissional com o ‘chão de fábrica’. O líder, no entanto, é encontrado em âmbitos como departamentos, áreas especificas e até mesmo na direção de micro e pequenas empresas. Esses perfis de direção exigem maior proximidade entre a pessoa responsável pela empresa e os níveis onde os negócios são efetivamente realizados.

O empreendedor à frente da micro e pequena empresa precisa estar sempre atento às necessidades de seus consumidores, conquistar novos mercados e supervisionar de perto as ações de seus funcionários. Por essa razão, o perfil do líder se encaixa melhor nesse tipo empresarial. O líder é o responsável pelo crescimento e o desenvolvimento de uma empresa incipiente.

O que o líder pode fazer por sua equipe?

Há várias ações na pauta cotidiana de um líder. Inicialmente, é importante que ele busque as qualificações profissionais necessárias para conduzir sua equipe no caminho para o sucesso. É imprescindível conhecer de perto as responsabilidades e as tarefas desempenhadas por cada funcionário de sua empresa.

Além disso, bons líderes precisam ser capazes de trabalhar em equipe, delegando tarefas a seus empregados e coordenar atividades de forma a produzir melhores resultados para a empresa. Para que isso seja colocado em prática, lealdade e atitudes concretas são essenciais: o líder deve efetivamente vestir a camisa e colocar ‘a mão na massa’!

Quais são suas características essenciais?

Líderes podem não ter nascido com essas características, mas com certeza precisam desenvolvê-las no curso de sua carreira. Normalmente, essas pessoas são extremamente motivadas, práticas e com instinto executor, que conseguem resolver problemas por meio de soluções pragmáticas e de acordo com os interesses da empresa.

Além disso, esses profissionais sabem quais tarefas podem delegar para sua equipe, bem como quais responsabilidades eles precisam tomar para si próprios. Quando estão à frente de adversidades na conclusão de seus projetos, é importante saber superá-los de forma a gerar aprendizado e guiar sua equipe na direção do sucesso. Como fazer isso? Encarar cada contratempo como uma oportunidade de se superar e de alavancar a produtividade de sua equipe — até nos cenários mais complicados.

Como se tornar um bom líder?

Para se tornarem bons líderes, a dica essencial é que esses profissionais comecem agindo por meio de exemplos. Você mesmo deve internalizar as diretivas da empresa, seguir as orientações às quais seus funcionários estão sujeitos, bem como dispensar favoritismos e outras formas de gestão de pessoas que não sejam pela meritocracia.

É também essencial que os líderes estejam à frente de sua equipe no que diz respeito à tomada de iniciativa para a conclusão de projetos e para a inovação dentro da empresa. Isso significa reconhecer boas ideias, incorporá-las à rotina da empresa e implementar da melhor forma possível para o bom andamento das atividades.

Líderes também são exímios comunicadores. Eles devem treinar suas habilidades de comunicação interna, ouvindo reclamações, frustrações e demandas de seus empregados, bem como de comunicação externa, ao lidar com clientes e investidores. Para aperfeiçoar essa capacidade, seja respeitoso(a) em relação a seus colegas de trabalho, não subestime o potencial de seus subordinados e aja sempre com discrição. Ou seja, não revele segredos e dificuldades da empresa, nem faça fofoca sobre empregados e departamentos.

O que achou dessas informações? Já sabe reconhecer se seu perfil é de chefe ou de líder? Que tal trabalhar essas características com sua equipe?


Deixe seu comentário